Resenha: Him

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha de um romance, mas com um “subgênero” (?) diferente: o homossexual, e eu realmente espero que vocês curtam a resenha e que leiam o livro <3!

51ecWPEoszL._SX316_BO1,204,203,200_

 

 

Título: Him

Série: Him #1

Autoras: Sarina Bowen e Elle Kenedy

Editora: Rennie Road Books 

Número de páginas: 361

O livro conta a história de Ryan Wesley, Wes, e Jamie Canning, dois melhores amigos que por conta de uma aposta, acabam se afastando durante muito tempo.

Was e Jamie se conhecem no acampamento de hockey, por volta de seus 14 anos, e acabam se tornando os melhores amigos do acampamento. Porém, aos seus 18 anos, Wes faz uma aposta com Jamie que acaba por afastar os dois, por conta das questões pessoais de Wes.

“Jamie não se importava que eu tivesse chupado ele. Ele se importava que eu o tivesse abandonado. E saber que magoei meu melhor amigo muito mais profundamente do que eu tinha percebido me torce até embrulhar-me.”- Wes. 

Anos depois, no último ano de faculdade dos dois, Wes decide voltar para o acampamento, como treinador, depois de ver Jamie em um campeonato nacional de hockey e sentir que não pode mais ficar afastado de seu amigo daquela forma.

Lá, a atração e todos os outros sentimentos de Wes, por Jamie, vêm à tona com uma força arrebatadora, e os dois acabam sedendo, de uma forma ou de outra. Wes tenta ir no tempo de Jamie, que é relativamente novo, e que está descobrindo tanto sua orientação sexual, quanto seus sentimentos por Wes.

“O beijo vai de doce a derretido em questão de segundos. A língua dele enche minha boca em traços profundos, uma fome que me faz suspirar.”

Os temas tratados nesse livro, a paixão pelo esporte, algo que está sempre presente nos livros de Sarina Bowen; decisão de carreira, faculdade, e a homossexualidade, formaram um combo em forma de livro, com assuntos atuais e questões vividas por muitos jovens, especialmente em uma época de tão grandes mudanças, como essa.

Os personagens são incríveis. Wes, com seu humor afiado, suas tatuagens, piercings e sua arrogância, combinado com a incerteza, a dúvida e o medo de não ser correspondido por Jamie, se tornou um dos meus personagens preferidos de todos os tempos, sem sombra de dúvida.

“Será que vamos discutir sobre Sex and the City? Se assim for, eu sou a Samantha…””Você realmente sabe os nomes dos personagens de Sex and the City? Merda, se você não tivesse me dito que era gay, eu iria descobri agora…”-Jamie.

Jamie tem a mente extremamente aberta, uma leveza em seu jeito de ser, que conquista a todos. Sua personalidade, combinada com a de Wes, acabam pro formar o casal perfeito <3!

O livro é realmente muito bom, com muito romance, drama e tudo que um New-adult precisa para ser perfeito. Porém, é necessário muita maturidade, mente aberta e “cabeça” para conseguir digerir a história, e ter uma leitura proveitosa, já que o livro trata de um assunto polêmico, para muitos, atualmente.

Estrelinhas: 5+ ❤

Links para aquisição:

Amazon

Barnes & Noble

Outras resenhas de Sarina Bowen:

Resenha: The Year We Fell Down

Outros livros de Elle Kennedy:

images (6)

Blue Neighbourhood Book Tag

Sem título.png

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje vim trazer a Blue Neighbourhood Book Tag, feita com base no novo EP de Troye (maravilhoso) Sivan!

P.s.:Eu mesma estou traduzindo a tag, porque não achei ninguém que fez em português, então desconsiderem algumas traduções bem bizarras de vez em quando <3.

P.s.2: Achei a tag num canal desconhecido lá da gringa.

1- Wild: Qual seu livro favorito com amor jovem?

download (8).jpg

Tenho vários outros livros de amor jovem, mas esse provavelmente é meu favorito, porque os personagens tinham a minha idade na época que eu li, então eu me identifiquei muito com o que a personagem estava passando. Sem falar que, diferente dos outros, eu amo o Marcelo, irmão do Rodrigo hahahahaha.

2- Bite: Qual seu novo gênero favorito?

download (9).jpg

Depois de ter lido Depois dos Quinze, da Bruna Vieira, eu me abri totalmente para o gênero crônica, e acabei deixando de ter preconceito. Sem falar que a escrita da Bruna é um amorzinho <3.

3- Fools: Um livro que você se arrependeu de ter lido.

A_MORTE_DE_SARAI_1417202725424149SK1417202725B

Eu não me arrependi completamente de ter lido esse livro, só li na hora errada, o que acabou estragando a minha leitura, e todas as outras vezes que li. Gosto muito dos personagens e prefiro o segundo livro, O Retorno de Izabel (provavelmente por causa do Frederik hahaha).

4- The Quiet: Um livro que todo mundo está falando e que você nunca mais quer ouvir falar sobre ele.

images (6)

O último livro da série saiu há pouco tempo, então o mundo está falando sobre essa série. Só que como eu não li ainda, morro de medo de acabar pegando um spoiler, porque é única coisa que eu vejo nos meus grupos de Facebook e de Whatsapp. Eu vou ler, um dia, mas até lá vou tampar os olhos e ouvidos para não pegar nenhum spoiler hahahaha.

5-DKLA: Um livro que despedaçou seu coração.

download (11).jpg

Esse livro me destruiu porque a partir de um momento, as coisas só davam errado, e eu não tinha mais unha para roer! Aí, a autora joga uma bomba no final, que a gente só vai saber como vai se resolver no segundo livro, que não tem previsão nem nada para sair aqui. O livro tem resenha no blog, se quiser ver clique aqui.

6- Talk Me Down: Um livro triste que você ama.

download (12)

Esse livro é triste por ser o último da série Sea Breeze, de Abbi Glines. Em pouco tempo eu me apeguei muito aos personagens, aí quando acabou eu fiquei destruída! Mas continuo amando, por contar a história de um dos meus casais preferidos e por ter um epílogo para cada casal, como uma espécie de fechamento <3.

7- Cool: Um livro com uma capa legal mas com conteúdo não tão bom.

download (13)

Comprei esse livro num impulso causado pelo nome Cassandra Clare na capa, e depois de ter enrolado um tempão para ler, não achei tudo isso. Me assustei em algumas partes, mas foi só. Adoro essa capa, mas não gostei muito.

8- Heaven: Um livro que você não mudaria nada.

Banner Livros Belo Desastre 640

A única coisa que eu mudaria nesses livros, seria o nome das personagens (provavelmente trocando para Maju, ou algum dos meus apelidos), ou entraria no livro para dar uma sacudida na Abby e na Liss, porque tem vezes que elas irritam demais!

9-Youth: Um livro atemporal.

download (17)

Jogos Vorazes é um livro que não importa a época que se leia, sempre terá o mesmo significado e te levará as mesmas questões, o que foi muito inteligente da autora, mesmo que não seja intencional.

10- Lost Boy: Um livro que não atendeu às suas expectativas.

download (14)

Apesar da Malu gostar muito desse livro, eu não consegui achar tudo isso, e acabei gostando muito mais de Sem Esperança. Na metade de Um Caso Perdido eu já tinha sacado o maior segredo do livro, então não me surpreendi muito.

11- For Him: Seu OTP favorito.

download (16)

Com certeza Malec (Magnus + Alec) de Instrumentos Mortais. Não existe casal melhor que esse (só eu e Travis, eu e Jace, obviamente) <3.

12- Suburbia: Um livro que faz você se sentir nostálgico.

18870150

Só a capa desse livro me dá uma dorzinha no coração, porque eu lembro do quanto eu gostei dele e do quanto eu queria esquecer tudo para ler de novo e sentir tudo de novo! E sim, vou enfiar ele em todas as tags possíveis,

13- Too Good: Um livro que você tem uma relação de amor ódio. 

download (15)

Apesar de muita gente gostar muito desse livro, eu gosto mas ao mesmo tempos não gosto. Não consigo engolir o Maxon de jeito nenhum, e o mundo me acha louca por isso. Sou mais o Aspen, mas o mundo não conspirou à meu favor nos três livros dessa série.

14- Blue: Um livro que você faria de tudo para ter antes.

580857_cisne-e-o-chacal-o-vol-3-serie-na-companhia-de-assassinos-720194_l2_635937218789360000

Não consigo nem descrever o quanto estou ansiosa para esse livro! Ele vai contar a história do meu personagem preferido da série, e essa capa é maravilhosa, até a mão dele nesse terno me dá um negócio hahahaha.

15- Swimming Pools: Um livro que não faria você sentir nenhuma emoção.

 

16-Ease: Pai de livro preferido. 

mar-de-rosas

Como eu já citei bastante Belo Desastre aqui, resolvi escolher o pai da Emma, de Mar de Rosas, que apesar de não aparecer muito, me deixou extremamente comovida com sua história. (Mas para deixar bem claro, Jim Maddox continua sendo meu pai preferido :)).

Essa foi a Tag, espero que tenham gostado, se inscrevam pelo e-mail, para receber novas postagens sempre!

INSTAGRAM DO BLOG: @unicorniodepapel