Resenha: Carry On

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Sim, estou de volta depois de muuuuuuito tempo, e eu peço enormes desculpas por esse afastamento tão grande. No mês de dezembro eu viajei para ficar com minha família, num lugar que a internet não era das melhores e eu não havia me programado para deixar os posts do blog agendados. Mas daqui para frente voltaremos ao ritmo normal, e em 2017 teremos muitas coisas legais por aqui! Obrigada pela tolerância.

carry-on

 

Título:Carry On: A Ascensão e Queda de Simon Snow

Autora:Rainbow Rowell

Editora:Novo Século

Número de páginas:480

Carry On é o livro de Rainbow Rowell conta a história da fanfic escrita por Cath, protagonista do livro Fangirl (clique aqui para ler a resenha).

Simon é um “personagem fictício semi-imaginado”, como a própria autora Rainbow Rowell diz, protagonista da série de livros infantis escritos pela autora Gemma T. Leslie, reconhecida por fãs ao redor do mundo.

Simon Snow é um aluno da Escola de Magia de Watford, mas é de longe um dos seus piores anos. Tem problemas com a namorada, seu mentor tenta evitá-lo a todo custo, e uma força sombria vaga pelos lugares usando seu rosto. Porém, conta com a amizade de sua melhor amiga, Penny, para ajudar a resolver sua vida.

Simon é o bruxo mais poderoso do mundo, e o pior Escolhido que alguém poderia ter escolhido. Não consegue controlar sua varinha, fazendo com que sua mágica saia em rompantes perigosos, até para si mesmo. E além de todos os problemas que o cercam, ainda há o companheiro de quarto, Baz, que demonstra ódio explicito pelo bruxo atrapalhado, seu sumiço inexplicável.

“A Magia nos separa do mundo. Não permitam que nada nos separe uns dos outros.”

Assim que Baz retorna, um mistério relacionado a morte de sua mãe, promove uma trégua entre Simon e o companheiro de quarto. A partir de então, a história mostra o ponto de vista de vários dos personagens, nos proporcionando maior entendimento sobre a história.

“…em Watford, magia é simplesmente o ar que respiramos. É o que me faz parte de algo maior, não o que me distingue.”

Ao se aproximarem por conta do mistérios, os dois acabam se tornando mais íntimos do que jamais puderam imaginar. A amizade entre os dois floresce, ainda mais quando Penny se junta à investigação.

“Eu escolho você, Simon Snow.”Eu digo.”Eu escolho você.”

Rainbow Rowell é o tipo de autora que faria com que você lesse até sua lista de compras. Todas as suas histórias, personagens e cenários são incrivelmente cativantes e apaixonantes, mesmo em seus livros contemporâneos. Cada parte do livro tem um toque só dela, exclusivo de sua escrita maravilhosa.

“Eu quero ser seu namorado. Seu namorado terrível.”

A escrita é fluida, um dos aspectos que só melhora o livro. Os acontecimentos e personagens fazem com que você queira mais e mais daquele mundo. Rainbow Rowell é capaz de descrever cenas de romance (com alguns dos beijos mais incríveis que já li) com a mesma capacidade de uma cena de ação, drama ou humor.

e955abe033f2fbc3c3efa6cec0a19f60

Estrelinhas: 5+ ❤

Links para aquisição:

Amazon

Saraiva

Submarino

Outras resenhas da autora:

Fangirl

Ligações

Anexos

Eleanos & Park

Anúncios

Resenha: Eleanor & Park

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha do livro mais fofo, mais amorzinho do mundo! Espero que gostem!

download-2

Título:Eleanor & Park

Autora: Rainbow Rowell

Editora: Novo Século

Número de páginas:328

O livro conta a história de Eleanor, uma garota ruiva, grande, como ela se vê, que veste roupas estranhas, filha mais velha de uma família extremamente problemática.

“Os cabelos de Eleanor pareciam arder em chamas ao nascer do sol.”

Park, um garoto mestiço, descendente de coreanos, que gosta de quadrinhos e música, não é popular, mas não é incomodado pelos garotos da turma.

“Era como uma obra de arte, e arte não deve ter boa aparência, mas sim fazer a gente sentir alguma coisa.”

Os dois vizinhos se encontram diariamente no ônibus, mas não se falam. De início, Eleanor só lê os gibis com o canto dos olhos, e quando Park percebe, começa a ler os gibis mais devagar, até que um dia começam a conversar enquanto dividem uma revista em quadrinhos de X-Men e Watchmen.

 “Concordavam sobre tudo que era importante e discutiam sobre o restante. E isso era bom também.”

Park deixa pilhas de gibis no banco ao seu lado, que Eleanor pega emprestado, lê durante a noite, e devolve no dia seguinte, e tudo isso continua até que um dia Park puxa assunto, e os dois se veem com mais uma coisa em comum: a música. Os dois vão de completos estranhos a melhores amigos, de amigos a apaixonados.

“Quando Park entrou no ônibus, deixou os gibis e a fita dos Smiths ao seu lado, para que ficassem ali, esperando por ela.”

Um é o primeiro amor do outro, deixando tudo mais intenso, junto com o fato da família de Eleanor ser conturbada, com um padrasto violento e três irmãos vivendo em situações precárias. Ela acaba se refugiando na casa de Park.

“Você salvou minha vida, ela tentou dizer. Não para sempre, não definitivamente. Provavelmente, só por certo tempo. Mas salvou minha vida, e agora eu sou sua. O que sou agora é seu. Para sempre.”

A história é algo que rouba seu coração desde a primeira página. A beleza do primeiro amor, da amizade, da proteção, formaram uma obra incrível, um romance inesquecível.

“Tinha certeza de que lhe agradeceria por salvar-lhe a vida. Não somente no dia anterior, mas, tipo, praticamente todos os dias desde que se conheceram.”

A amizade dos dois, que ocorreu em primeiro lugar, criaram um clima mágico e acolhedor, que nos faz querer mergulhar na história completamente. Park com seu carinho, inexperiência, e uma paixão arrebatadora, Eleanor com sua força e personalidade, formam a dupla perfeita.

“Não gosto de você, Park. Eu acho que vivo por você.”

O livro trata de assuntos polêmicos de uma forma delicada e sutil, quase imperceptível, o que não o deixa tão denso, fazendo com que a leitura seja fluida e prazerosa.
As artes baseadas no livro também fazem com que nossa leitura seja preenchida de uma forma diferente.

Estrelinhas: 5 +<3

Links para aquisição:

Amazon

Saraiva

Livraria Cultura

Submarino

INSTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel

Taylor Swift Book Tag

E aí meus unicórnios? Hoje trago uma tag meio velhinha, mas que me deu vontade de fazer (porque a bad bateu e eu comecei a ouvir Taylor Swift sem parar). Espero que gostem!

01. Blank Space Um livro que você gostou no inicio mas foi perdendo o encanto durante a leitura.

Capa Slam - poesia amor e tragedia AL V5 0.1.indd

Todo mundo ama esse livro, e eu entendo o porque, mas não consegui gostar dele tanto assim. (Temos resenha dele aqui no blog). A protagonista me deixou mais irritada do que envolvida com a personagem, e a minha salvação foi o Will. O livro todo é bom, mas a Layken me irritou muito!

02. Style – Um livro que não importa quantas vezes você já leu, e sempre vai amar a leitura.

Depois de pensar muito muito acabei escolhendo esses três, que são meus livros preferidos de todos <3.

03. Out Of The Woods – Um livro que você já leu e gostou, mas nunca viu alguém comentando sobre ele. 

capa

Li esse livro há uns três anos, e nunca vi ninguém comentando sobre ele. É um livro muito bom, que envolve mitologia, romance histórico e muito mais!

04. All You Had To Do Was Stay- Um livro que você não conseguiu terminar e já tentou mais de uma vez. 

Fallen blog goticus eternus.jpg

Escolhi Fallen de Laure Kate, porque todas as vezes que peguei esse livro para ler não passei do primeiro capítulo. Não consigo continuar com ele de jeito nenhum, mesmo que eu esteja com muita vontade de lê-lo.

05. Shake It Off – Um livro que todo mundo critica e você adora.

download (24)

Muita gente odeia tanto o livro quanto o filme, mas eu amo essa história! Primeiro vi o filme e já fiquei apaixonada, e quando li, meu amor por ele só aumentou!

06. I Wish You Would – Um livro que você gostaria que tivesse uma continuação.

download (2).png

Eleanor & Park tem o final mais aberto e mais angustiante do mundo! As coisas acabam dando certo, mas as últimas linhas do livro te dão inúmeras possibilidades de continuação, deixando o livro o mais angustiante possível.

07. Bad Blood – Um livro que todo mundo adora mas você não conseguiu gostar.

A_MORTE_DE_SARAI_1417202725424149SK1417202725B

Todo mundo se apaixona pela Sarai e pelo Victor nesse livro, e como eu já falei aqui antes, não consegui desenvolver esse afeto NESSE (foco maior ainda no NESSE) livro, mas ao decorrer da série, consegui gostar muito dos personagens.

08. Wildest Dream – Um livro new adult ou erótico que você recomenda.

51ecWPEoszL._SX316_BO1,204,203,200_

Him é um new adult homossexual, então é o que as pessoas chamam de “pesado”. Eu adorei o livro por conta da história, personagens, e o romance, são só pela parte sexual ou erótica, que também é presente no contexto.

09. I Know Places – Um livro que você achou no sebo, e adorou a leitura.

download

De um tempo para cá eu passei a frequentar sebos com mais frequência do que antes. Tem muitos livros baratos e bons, com a mesma qualidade de livros novos. E é muito legal ter um livro que já teve vários donos, com marcas que mostram a sua trajetória.

10. Clean-um livro que você demorou muito pra superar o final.

11659444_444455085726765_6251552024716780304_n

Ugly Love (apesar do nome) é lindo do começo ao fim. Mesmo as partes tristes, são mostradas de uma forma muita bonita, então superar o final e a forma como tudo aconteceu foi muito difícil.

11. Wonderland – Um livro de fantasia que você recomenda.

download-10

Magisterium é um livro juvenil que todas as pessoas deveriam ler. A fantasia, história, a aventura e a amizade nesse livro são incríveis, e não podíamos esperar nada menos de Holly Black e Cassandra Clare <3.

12. New Romantics – Um livro que aborde o tema liberdade.
Capa (1)
Mesmo sendo um new adult, e tendo aquela coisa de “você é minha” e blá, Estranha Perfeição mostra a liberdade de uma forma diferente, na minha opinião. Depois de anos com uma mãe mentalmente instável, Della é finalmente livre para conhecer o mundo e o que ele reserva, e também é livre para amar<3.
13. Musica Bonûs: Come back, Be here – Um livro que narra um relacionamento a distancia.
download-11
Bela Distração, além de contar a história de Trent e Cami, também mostra algumas partes do relacionamento de Cami à distancia com T.J (ô casalzinho sem graça).
Essa foi a tag, eu espero que tenham gostado, porque foi muito divertido fazê-la! Não se esqueçam de se inscrever, comentar e nos seguir!
INSTAGRAM DO BLOG: @unicorniodepapel

Tag Situações Literárias

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago a tag Situações Literárias, que vi no blog Sempre Romântica!

1 – Você precisa se desfazer de quase todos os seus livros e só pode ficar com um exemplar de cada um desses gêneros: contemporâneo, fantasia, não-ficção e um gênero de sua escolha. Faça sua lista.

Essa pergunta é uma sacanagem para pessoas indecisas como eu, mas eu fiz meu melhor!

Contemporâneo:Fangirl, de Rainbow Rowell ❤

Fantasia:Dama da Meia-Noite, de Cassandra Clare ❤

Não-ficção:Não sou capaz de opinar

Gênero de minha escolha:Belo Desastre, de Jamie (rainha) McGuire.

2 – Você está em uma livraria e escuta uma adolescente dizer a sua mãe que não gosta de ler, mas a mãe insiste para que ela escolha algo. Você aparece e recomenda algo para quem não lê muito. Que livro você recomendaria?

Primeiro de tudo: eu não sei me enfiar na conversa de pessoas que eu não conheço, então sem chance de isso acontecer na minha vida. Mas eu indicaria  Diário de um Banana (sem piadinhas), porque foi com o que eu comecei a ler, apesar de não ser adolescente quando comecei. E essa foi a resposta mais aleatória que eu já dei na vida, mas tudo bem.

3 – Você não está bem e está tendo um mal dia e precisa de algo que te anime. O que você lê nesses casos?

Com certeza, eu leria Aideen (que eu já citei em outra tag, mas desconsiderem porque eu não sou nenhum pouco criativa), porque é extremamente engraçado e sempre que eu vou dar uma olhadinha em qualquer parte, eu acabo morrendo de rir!

4 – Volte a sua adolescência por um dia. Que livro você está lendo? 

Como ainda estou na adolescência (por um bom tempo), entendi como um livro que me fez lembrar um época boa da minha vida, e etc. Para esse, escolhi os dois livros da série Magisterium, de Cassandra Clare e Holly Black, pelo fato de que os personagens são crianças, em seus 12/13 anos, por aí, e é muito divertido ver como eles se portam, e a evolução de um livro para outro, no quesito maturidade e sentimentos.

5 – Um amigo te surpreende com quatro dias de férias e você tem uma hora pra preparar as malas. Que livro você levaria para a viagem?

Se a viagem fosse nesse exato momento, provavelmente eu levaria meu celular (que tem vários e-books não lidos), e Dama da Meia-Noite, de Cassandra Clare, porque eu estou enrolando com esse livro há algumas semanas, e eu estou morrendo de medo de pegar spoiler em algum lugar!
6 – Roubaram sua casa! Mas, não se preocupe porque tudo está bem. Exceto a sua estante, que eles deixaram praticamente vazia. Que livro você espera encontrar intacto na estante enquanto corre para conferir o que está faltando? 

Ô tagzinha maligna para pessoas confusas e indecisas que nem eu. Escolhi todos os livros de Belo Desastre e todos de Cassandra Clare, porque eles são meus xodós e eu não consegui escolher um só (e eu acabei de me tocar que repeti muito Cassandra Clare aqui, perdão).

7 – Um amigo te pede emprestado um livro e devolve em péssimas condições. Explique.
A – Não se importa muito com o ocorrido.
B – Pede que ele te compre outro exemplar.
C – Destrói um dos livros do seu amigo secretamente.

B e C, primeiro porque eu não aceito livros devolvidos em mau-estado, sendo que eu emprestei o livro intacto (quando eu empresto) e segundo porque existe a lei de ação e reação, e como todos que pedem livros emprestados para mim, vai ter vingança, ou eu vou acabar roubando um dos livros dessa pessoa <3.

Essa foi a tag (bem, mas bem aleatória mesmo), eu espero que tenham gostado! Não se esqueçam de nos seguir!

INSTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel

Blue Neighbourhood Book Tag

Sem título.png

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje vim trazer a Blue Neighbourhood Book Tag, feita com base no novo EP de Troye (maravilhoso) Sivan!

P.s.:Eu mesma estou traduzindo a tag, porque não achei ninguém que fez em português, então desconsiderem algumas traduções bem bizarras de vez em quando <3.

P.s.2: Achei a tag num canal desconhecido lá da gringa.

1- Wild: Qual seu livro favorito com amor jovem?

download (8).jpg

Tenho vários outros livros de amor jovem, mas esse provavelmente é meu favorito, porque os personagens tinham a minha idade na época que eu li, então eu me identifiquei muito com o que a personagem estava passando. Sem falar que, diferente dos outros, eu amo o Marcelo, irmão do Rodrigo hahahahaha.

2- Bite: Qual seu novo gênero favorito?

download (9).jpg

Depois de ter lido Depois dos Quinze, da Bruna Vieira, eu me abri totalmente para o gênero crônica, e acabei deixando de ter preconceito. Sem falar que a escrita da Bruna é um amorzinho <3.

3- Fools: Um livro que você se arrependeu de ter lido.

A_MORTE_DE_SARAI_1417202725424149SK1417202725B

Eu não me arrependi completamente de ter lido esse livro, só li na hora errada, o que acabou estragando a minha leitura, e todas as outras vezes que li. Gosto muito dos personagens e prefiro o segundo livro, O Retorno de Izabel (provavelmente por causa do Frederik hahaha).

4- The Quiet: Um livro que todo mundo está falando e que você nunca mais quer ouvir falar sobre ele.

images (6)

O último livro da série saiu há pouco tempo, então o mundo está falando sobre essa série. Só que como eu não li ainda, morro de medo de acabar pegando um spoiler, porque é única coisa que eu vejo nos meus grupos de Facebook e de Whatsapp. Eu vou ler, um dia, mas até lá vou tampar os olhos e ouvidos para não pegar nenhum spoiler hahahaha.

5-DKLA: Um livro que despedaçou seu coração.

download (11).jpg

Esse livro me destruiu porque a partir de um momento, as coisas só davam errado, e eu não tinha mais unha para roer! Aí, a autora joga uma bomba no final, que a gente só vai saber como vai se resolver no segundo livro, que não tem previsão nem nada para sair aqui. O livro tem resenha no blog, se quiser ver clique aqui.

6- Talk Me Down: Um livro triste que você ama.

download (12)

Esse livro é triste por ser o último da série Sea Breeze, de Abbi Glines. Em pouco tempo eu me apeguei muito aos personagens, aí quando acabou eu fiquei destruída! Mas continuo amando, por contar a história de um dos meus casais preferidos e por ter um epílogo para cada casal, como uma espécie de fechamento <3.

7- Cool: Um livro com uma capa legal mas com conteúdo não tão bom.

download (13)

Comprei esse livro num impulso causado pelo nome Cassandra Clare na capa, e depois de ter enrolado um tempão para ler, não achei tudo isso. Me assustei em algumas partes, mas foi só. Adoro essa capa, mas não gostei muito.

8- Heaven: Um livro que você não mudaria nada.

Banner Livros Belo Desastre 640

A única coisa que eu mudaria nesses livros, seria o nome das personagens (provavelmente trocando para Maju, ou algum dos meus apelidos), ou entraria no livro para dar uma sacudida na Abby e na Liss, porque tem vezes que elas irritam demais!

9-Youth: Um livro atemporal.

download (17)

Jogos Vorazes é um livro que não importa a época que se leia, sempre terá o mesmo significado e te levará as mesmas questões, o que foi muito inteligente da autora, mesmo que não seja intencional.

10- Lost Boy: Um livro que não atendeu às suas expectativas.

download (14)

Apesar da Malu gostar muito desse livro, eu não consegui achar tudo isso, e acabei gostando muito mais de Sem Esperança. Na metade de Um Caso Perdido eu já tinha sacado o maior segredo do livro, então não me surpreendi muito.

11- For Him: Seu OTP favorito.

download (16)

Com certeza Malec (Magnus + Alec) de Instrumentos Mortais. Não existe casal melhor que esse (só eu e Travis, eu e Jace, obviamente) <3.

12- Suburbia: Um livro que faz você se sentir nostálgico.

18870150

Só a capa desse livro me dá uma dorzinha no coração, porque eu lembro do quanto eu gostei dele e do quanto eu queria esquecer tudo para ler de novo e sentir tudo de novo! E sim, vou enfiar ele em todas as tags possíveis,

13- Too Good: Um livro que você tem uma relação de amor ódio. 

download (15)

Apesar de muita gente gostar muito desse livro, eu gosto mas ao mesmo tempos não gosto. Não consigo engolir o Maxon de jeito nenhum, e o mundo me acha louca por isso. Sou mais o Aspen, mas o mundo não conspirou à meu favor nos três livros dessa série.

14- Blue: Um livro que você faria de tudo para ter antes.

580857_cisne-e-o-chacal-o-vol-3-serie-na-companhia-de-assassinos-720194_l2_635937218789360000

Não consigo nem descrever o quanto estou ansiosa para esse livro! Ele vai contar a história do meu personagem preferido da série, e essa capa é maravilhosa, até a mão dele nesse terno me dá um negócio hahahaha.

15- Swimming Pools: Um livro que não faria você sentir nenhuma emoção.

 

16-Ease: Pai de livro preferido. 

mar-de-rosas

Como eu já citei bastante Belo Desastre aqui, resolvi escolher o pai da Emma, de Mar de Rosas, que apesar de não aparecer muito, me deixou extremamente comovida com sua história. (Mas para deixar bem claro, Jim Maddox continua sendo meu pai preferido :)).

Essa foi a Tag, espero que tenham gostado, se inscrevam pelo e-mail, para receber novas postagens sempre!

INSTAGRAM DO BLOG: @unicorniodepapel

Resenha:Ligações

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trouxe resenha de um livro que li faz um tempinho, mas que é de uma das minhas autoras preferidas!

Ligações_CAPA.inddTítulo: Ligações

Autora: Rainbow Rowell

Editora: Novo Século

Número de páginas: 302

Um livro extremamente fofo, cheio de romantismo, esquisitices, e muito amor.

Ligações é narrado pela Georgie, uma mulher casada, produtora e escritora de programas de comédia. O mundo de Georgie muda drasticamente quando, dois dias antes do natal, seu marido Neal, decide viajar para Nebraska com suas duas filhas, já que Georgie não poderá ir porque precisa trabalhar num roteiro novo.     É nesse momento que ela percebe que seu casamento está estagnado, e que não sabe o que fazer para melhorar.

“Elas podem comemorar o Natal com você quando voltarmos. Vão adorar. Comemorar duas vezes.”-Neal

Depois que o resto da família viaja,  Georgie vai para a casa da mãe, e lá encontra um telefone amarelo antigo, dos tempos de escola. Quando começa a usá-lo, fala com o Neal do passado, logo após a briga que tiveram antes de ele pedi-la em casamento.

“-Não estamos terminados?-A voz de Georgie falhou no “terminados”.
-Não-Neal insistiu.”

A narrativa da Rainbow é muito diferente, em terceira pessoa, mas que te faz entrar realmente na cabeça dos personagens, como se fosse em primeira pessoa, que te deixa um pouco confuso mas contente ao mesmo tempo.

Outra coisa que me atrai, é que os personagens dela nunca são perfeitos. Sempre tem uma característica diferente, com observações marcantes e engraçadas, que acabam por fazer com que nós nos identifiquemos muito.

INSTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel

Ed Sheeran Book Tag

E aí meus unicórnio, como estão? Hoje trouxe a Ed Sheeran Book Tag, que vi lá no canal da Melina Souza, e como sou super fã desse ruivo maravilhoso, quis compartilhar com vocês <3!

1-Take It Back:um livro que você se arrependeu de ter comprado.

images (3)

Não que eu tenha me arrependido, mas foi um tanto quanto desnecessário. Foi na sessão de autógrafos de Minha Vida Fora de Série 3, ano passado, e achei que poderíamos autografar mais de um livro da Paula Pimenta, mas só na hora da entrada que nos avisaram que não era permitido, ou seja, quebrei a cara lindamente, apesar de ter valido a pena rever a autora <3.

2-One:o primeiro livro que te marcou.

8 minutos

Esse livro me marcou por ter sido o primeiro livro de escola que eu li e realmente gostei, que me fez ler mais e mais no ano seguinte!

3-Kiss Me:um livro que tenha um personagem que você se apaixonou loucamente

images (4)

Se eu quisesse ser bem óbvia, poderia ter simplesmente falado Travis, de Belo Desastre e pronto. Mas, como todos sabem do meu amor por BD, não preciso sair enfiando ele em várias tags. Por isso, escolhi Rush Finlay, da série Rosemary Beach de Abbi Glines. Sei que esse não é o primeiro livro da série, mas foi o que me mostrou um lado de Rush que não conhecia, que me fez amá-lo ainda mais.

4-The A Team:um livro que entrou para o seu Top 5 da vida

download (1)

Mais um da tia Rainbow, mas entendam, tenham um carinho enorme pelos livros desse mulher <3. A história é maravilhosa, te deixa intrigado e tem um final destruidor de lares, mas continuo amando mesmo assim.

5-The City:um livro que se passa em alguma cidade que você ama.

download (3)

Escolhi Tensão, por se passar em Nova Iorque, que é uma das minhas cidades preferidas, apesar de não ter conhecido (ainda). E temos o maravilindo Gavin, que ta,mbém ajuda na escolha do livro. Em breve, resenha aqui no Blog!

6-One Night:um livro que você virou a noite lendo.

download

E escolhi Sr. Daniels, por ter acordado às quatro da manhã para terminar, o que aconteceu em menos de um dia. Esse livro é maravilhoso, e já tem resenha aqui no blog!

7-Let It Out:um livro que assim que acabou fez você sentir que precisava conversar com alguém sobre

18870150

Assim que acabei o oitavo livro da série Sea breeze, de Abbi Glines, corri para conversar com minha amiga Nádia, do Rush Too Far, que entendeu todas as minhas mensagens gritando o nome do Dewayne (meu personagem favorito da série), que aguentou quando mandei duzentos mil mensagens em menos de cinco minutos, que mandou todos os livros para mim e que não ficou brava quando li os livros antes dela <3.

8-You Break Me:um livro que te deixou bem mal.

A_MORTE_DE_SARAI_1417202725424149SK1417202725B

Esse livro me deixou bem mal por ter sido muito ruim, pelo menos para mim. A única pessoa que realmente me chamou a atenção no livro nem apareceu direito na história, e o final foi muito ruim para mim, me deixando numa ressaca enorme. Mas admito que o segundo foi bem melhor.

9-Smile:um livro que te deixou feliz.

Capa

O livro me deixou feliz por ser o final de um quarteto que se tornou muito querido por mim em pouco tempo, por ter sido super fofo e romântico, que acompanhou uma das minhas fases bem melosas <3.

10-I can’t spell: um livro ou autor que você não consegue pronunciar o nome.

download (4)

Como eu tenho a língua presa, não consigo falar o nome dessa mulher nem com reza. Poderia ter posto a J. A Redmerski, mas como ela já apareceu aqui, resolvi por a tia destruitora Becca mesmo.

Essa foi a Tag, espero que tenham gostado, e não vou marcar ninguém porque nem todos gostam de Ed Sheeran (não sei como). Beijos de luz e até a próxima!

INSTA DO BLOG:@unicorniodepapel