Resenha: Sweet

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha do terceiro livro da série Contornos do Coração (que já tem resenha aqui no blog, mas só vou colocar o link da resenha do primeiro livro, mas a do segundo já deve ter saído a essa altura).

download (9).jpg

 

 

Título:Sweet

Série:Contornos do Coração#3

Autora:Tammara Webber

Editora:Verus

Número de páginas:322

O livro conta a história de Boyce Wynn, o melhor amigo de Lucas, do livro Easy, um rapaz que já passou por poucas e boas na vida; um jovem intenso, que sofreu muito na infância, levando cicatrizes para a vida toda.

Temos Pearl Frank, a melhor amiga e paixão da vida de Boyce, uma garota que vêm de uma boa família, com direito a tudo o que quisesse. Ela acaba retornando à cidade natal depois de terminar um namoro de dois anos (com um babaca ridículo, diga-se de passagem) e decide mudar o rumo da sua vida por completo. Porém, depois de contar à mãe que não quer seguir a carreira dos seus sonhos, e ser “expulsa” de casa, ela precisa de um lugar para ficar, e acaba recorrendo à Boyce.

“Meu coração, que eu escondia com tanto cuidado, ignorava a razão. Ele corria atrás do que queria, e durante um ano ele só quis uma coisa, contra toda razão: Boyce Wynn.”

Os dois se conheceram quando crianças, quando Boyce salvou a vida de Pearl, e os dois criaram um laço um com o outro imediatamente, e tiveram uma relação meio colorida e esquisita desde então.

“Meu último pensamento compreensível foi ‘Santa mãe de Deus’. Olhando para o chão e sem perceber meu interesse, ele esfregava o cabelo molhado com uma toalha de rosto. Cada músculo do braço, do ombro e do peito se expandia e contraía com o esforço, formando arcos e linhas definidas que mudavam a paisagem embaixo das conhecidas sardas e das gotas d’agua que ele ainda não havia enxugado. Se eu procurasse “injusto” na internet, provavelmente encontraria um GIF dele naquele momento e um link para uma explicação biológica do caos que se passava no meu corpo e da comoção mental que o acompanhava.”

A história me ganhou logo de início. Eu tinha expectativas bem altas sobre esse livro, principalmente depois de ler Breakable e conhecer Boyce, e posso afirmar que elas foram completamente atendidas.

“Você é muito amor. Por isso eu te amo.”

Pearl é uma das melhores protagonistas que já conheci. É forte, não tem os chiliques típicos das personagens principais, nem indecisões típicas; Ela sabe o que quer, tanto relacionado ao amor quanto à carreira. *Gostei mais dela do que da Jacqueline, sinto admitir.*

A maioria dos personagens principais masculinos de Tammara Webber é sempre um amorzão (amorzinho é pouco), e apesar de amar de paixão Lucas, Boyce também entrou para o top 100 (sou muito indecisa para ter um top 10) crushs literários. Apesar de ter passado por muitas coisas na infância e adolescência, ele se tornou um homem trabalhador e respeitável. E a maneira como ele lida com Pearl, a maneira que ele a ama, é algo muito lindo de se ver (ler).

“Você é a melhor coisa que um dia já foi minha.”

Um dia, com muita fé, o quarto livro irá sair, mas ninguém sabe quando hehe. Sabemos que irá contar a história de Erin, amiga de Jacqueline, mas por enquanto é só.

29924861

Estrelinhas: 5+ ❤

Links para aquisição:

Saraiva

Amazon

Submarino

Americanas

INSTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel

Resenha: Breakable

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha de um livro lindo demais, que eu já li há algum tempo, mas que conquistou meu coração de jeito!

breakable

Título:Breakable

Série:Contornos do Coração #2

Autora:Tammara Webber

Editora:Verus Editora

Número de páginas:364

Em Easy (clique aqui para ler a resenha) a história foi contada pelo olhar de Jacqueline. Em Breakable, pudemos conhecer a história de Lucas, antes e durante seu romance com Jacqueline.

Landon Lucas Maxfield teve uma infância privilegiada e feliz, como a maioria das crianças, com a esperança de um futuro promissor, até que uma tragédia desmoronou sua vida.

“Observá-la fazia meu coração doer como se ele estivesse conectado ao estado emocional dela, em vez de se dedicar à função principal – me manter vivo.”

Após ter a vida desestabilizada de maneira terrível, Landon (como eu prefiro chamar, já que acabamos ficando íntimos) acaba tendo que se tornar adulto antes do esperado. Acaba se envolvendo com coisas que não faziam bem, tomando o rumo errado da vida.

“Amor não é a ausência de lógica
mas a lógica examinada e recalculada
aquecida e encurvada para se encaixar
dentro dos contornos do coração.”
Ao mesmo tempo, a história “atual” de Lucas é contada, a queda (ou abismo) que tem por Jacqueline, quando ele a salva de uma tentativa de estupro e quando ele vira seu monitor em economia, sendo que ela não imagina que Landon, o monitor atencioso, e Lucas, um rapaz sombrio que parece ter muito a esconder, são a mesma pessoa.
“Havia momentos em que eu surpreendia meu pai olhando para ela como se não conseguisse acreditar que aquela mulher estava na sua cozinha, ou morava na sua casa.”

O livro conta a história de uma mesma pessoa, em fases completamente diferentes de sua vida. Primeiro temos Landon, o garoto que se perdeu completamente depois de ter seu lar destruído após uma enorme tragédia, e Lucas, o adulto que teve amadurecer muito antes do que o normal, se tornando um homem responsável, que depois de muito tempo,sente seu coração realmente bater de novo.

“Eu não me permitia desejar algo tão impossível havia muito tempo.”

 

 A escrita da autora é incrível. Depois de três anos querendo ler Easy, todas as minhas expectativas foram atendidas, e ao ler Breakable, minha admiração pela capacidade de criar uma história, um romance, que também trata de assuntos atuais e fora da zona clichê, só cresceu.

“Talvez eu não houvesse salvado a vida de Jacqueline naquela noite, mas a salvara de algo que lhe roubaria parte da alma. Eu era consumido pela ideia de cuidar dela e para isso precisava conhecê-la melhor.”

A personalidade de Landon Lucas é incrível. Ele é forte, mesmo tendo passado por tudo que passou, e ainda assim consegue ter um grande coração, e se tornou um dos melhores personagens que já “conheci”. O senso de responsabilidade que tem em relação à Jacqueline, só me provou que mesmo o famoso bad boy dos livros, tem um enorme coração.

“Ela se surpreendeu por eu me lembrar do que ela me pedira uma semana atrás. Eu poderia catalogar com prazer suas preferências e o que ela não gostava. Cada um deles. De como ela preferia o café a como gostava de ser beijada, ou que carícia era capaz de fazê-la estremecer da cabeça aos pés.”

Apesar de ter ouvido muitos comentários dizendo que Breakable é um livro desnecessário, por contar a mesma história que Easy e blá blá blá, discordo totalmente. O livro revela muito mais do que o primeiro, sobre todos os personagens e suas visões, além de apresentar novos componentes essenciais para a compreensão.

 

Estrelinhas: 5+ ❤

Links para aquisição:

Amazon

Saraiva

Submarino

Americanas

INTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel