Resenha: Us

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha de Us, a sequência do livro Him, que já tem resenha aqui no blog, que é de Sarina Bowen, autora do livro The Year We Fell Down, que também tem resenha aqui no blog, e de Elle Kennedy, autora da série Amores Improváveis, publicada aqui no Brasil pela editora Paralela.

OBS:SE VOCÊ NÃO LEU HIM, NÃO LEIA ESSA RESENHA (A MENOS QUE VOCÊ QUERIA SPOILERS, OU QUERIA SABER DO QUE SE TRATA A SÉRIE, OU QUEIRA NOS AJUDAR NAS VISUALIZAÇÕES). Eu avisei.

Cover+US+Sarina+Bowen+Elle+Kennedy.jpg

 

 

Título:Us

Série:Him #2

Autoras:Sarina Bowen e Elle Kennedy

Editora:Rennie Road Books

Número de páginas:328

 

Em Us, Wes e Jamie moram no Canadá. Wes está em sua primeira temporada na NHL (National Hockey League) e está se saindo muito bem. Jamie está trabalhando como treinador de um time de Juniores e os dois estão aparentemente bem, mesmo tendo que esconder seu relacionamento de todos, por conta da carreira de Wes.

” A vida com Wes nunca é monótona. Mesmo quando estivermos velhos e cinzas, com bundas caídas,
ele ainda vai ser engraçado e ele ainda vai ser meu.”

Até que um dos colegas de time de Wes se muda para um apartamento no mesmo condomínio onde o casal mora, e manter o relacionamento em segredo acaba se tornando mais difícil do que o normal.

” Ele foi isolado por minha causa, por causa da minha necessidade de esconder nosso relacionamento, por causa da minha carreira.”

Além do estresse por causa de seu relacionamento oculto, os dois ainda acabam enfrentando maiores desafios, como a distância, quando Wes viaja para jogos, Jamie acaba ficando doente e se afastando do amor de sua vida, tornando tudo mais complicado ainda, especialmente quando o relacionamento dos dois vem à tona para a mídia.

“A coisa sobre Wes, ele está acostumado à decepção.
Inferno, eu acho que a decepção não é algo que ele teme, mas espera – como ele está sempre vivendo em um estado determinado de querer deixar os outros cair.”

Os dois livros dessa série (duologia?) são incríveis. Além de ser um romance incrível, trata de muitos temas importantes, como orientação sexual, escolha de emprego depois da faculdade (mesmo que eles sejam bonitos demais e jogadores de hockey e tenham certo privilégio), e querendo ou não, trata de uma coisa que nunca deixa de ser um tabu na sociedade, que é o homossexualismo.

“… Você vive sua vida da maneira que você quer viver, e você continua fazendo o que está fazendo. E saiba que você sempre tem as pessoas no seu canto, as pessoas que dão a mínima para você.

Apesar de entender tudo pelo que o Jamie passa nesse segundo livro (sem spoilers hehe), e de gostar muito muuuuuuuuito mesmo dele, reconheço que ele foi um pouquinho pé no saco (me perdoem pela expressão) por algumas questões meio insignificantes, às vezes (meu filho, se eu tivesse um Ryan Wesley em casa, eu não reclamava nem do vento), mas algumas das questões que ele carrega no livro realmente têm fundamento, e é compreensível o porquê de ele ter pensamentos e inseguranças no seu relacionamento.

“E mesmo se eu tivesse ganhado cada centavo cavando valas, não há nada que eu tenho que eu não quero dar-lhe.
Nenhuma maldita coisa.”

Wes não poderia ter sido uma pessoa melhor nesse livro. Já no primeiro ele tinha me encantado, e eu realmente não tenho palavras para descrever o porque, e no segundo ele me conquistou totalmente. Apesar de sabermos que os dois se amam e tudo mais, no primeiro livro, não era exatamente um relacionamento de verdade. Já no segundo, você consegue realmente ver como os dois se comportam em um relacionamento, mesmo com todas as dificuldades que eles tem.

Wes é muito amorzinho para mim, porque já li muitos livros de homens apaixonados (obviamente), mas essa duologia (série?) foi a minha primeira com um casal gay, então foi uma experiência bem diferente. É muito legal ver a maneira como eles veem um ao outro, e a maneira que Wes cuida do Jamie, como tenta conciliar o relacionamento com a vida profissional e tudo mais, nos fazem amá-lo demais <3.

Uma série (eu acho que é série) spin-off de Him e Us está sendo lançada. Se chama WAGS (para quem não sabe, significa Wifes and Girlfriends of Sports- Esposas e namoradas do esporte), e o primeiro livro, Good Boy, conta a história da irmã de Jamie, Jess Canning e mais uma pessoinha que eu não posso dizer porque seria spoiler de Us.

15110387_1232924846774684_976166312630033216_o-270x405

Estrelinhas: 5+ ❤ ❤ ❤

Link para aquisição:

Amazon EUA

INSTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel

Anúncios

Taylor Swift Book Tag

E aí meus unicórnios? Hoje trago uma tag meio velhinha, mas que me deu vontade de fazer (porque a bad bateu e eu comecei a ouvir Taylor Swift sem parar). Espero que gostem!

01. Blank Space Um livro que você gostou no inicio mas foi perdendo o encanto durante a leitura.

Capa Slam - poesia amor e tragedia AL V5 0.1.indd

Todo mundo ama esse livro, e eu entendo o porque, mas não consegui gostar dele tanto assim. (Temos resenha dele aqui no blog). A protagonista me deixou mais irritada do que envolvida com a personagem, e a minha salvação foi o Will. O livro todo é bom, mas a Layken me irritou muito!

02. Style – Um livro que não importa quantas vezes você já leu, e sempre vai amar a leitura.

Depois de pensar muito muito acabei escolhendo esses três, que são meus livros preferidos de todos <3.

03. Out Of The Woods – Um livro que você já leu e gostou, mas nunca viu alguém comentando sobre ele. 

capa

Li esse livro há uns três anos, e nunca vi ninguém comentando sobre ele. É um livro muito bom, que envolve mitologia, romance histórico e muito mais!

04. All You Had To Do Was Stay- Um livro que você não conseguiu terminar e já tentou mais de uma vez. 

Fallen blog goticus eternus.jpg

Escolhi Fallen de Laure Kate, porque todas as vezes que peguei esse livro para ler não passei do primeiro capítulo. Não consigo continuar com ele de jeito nenhum, mesmo que eu esteja com muita vontade de lê-lo.

05. Shake It Off – Um livro que todo mundo critica e você adora.

download (24)

Muita gente odeia tanto o livro quanto o filme, mas eu amo essa história! Primeiro vi o filme e já fiquei apaixonada, e quando li, meu amor por ele só aumentou!

06. I Wish You Would – Um livro que você gostaria que tivesse uma continuação.

download (2).png

Eleanor & Park tem o final mais aberto e mais angustiante do mundo! As coisas acabam dando certo, mas as últimas linhas do livro te dão inúmeras possibilidades de continuação, deixando o livro o mais angustiante possível.

07. Bad Blood – Um livro que todo mundo adora mas você não conseguiu gostar.

A_MORTE_DE_SARAI_1417202725424149SK1417202725B

Todo mundo se apaixona pela Sarai e pelo Victor nesse livro, e como eu já falei aqui antes, não consegui desenvolver esse afeto NESSE (foco maior ainda no NESSE) livro, mas ao decorrer da série, consegui gostar muito dos personagens.

08. Wildest Dream – Um livro new adult ou erótico que você recomenda.

51ecWPEoszL._SX316_BO1,204,203,200_

Him é um new adult homossexual, então é o que as pessoas chamam de “pesado”. Eu adorei o livro por conta da história, personagens, e o romance, são só pela parte sexual ou erótica, que também é presente no contexto.

09. I Know Places – Um livro que você achou no sebo, e adorou a leitura.

download

De um tempo para cá eu passei a frequentar sebos com mais frequência do que antes. Tem muitos livros baratos e bons, com a mesma qualidade de livros novos. E é muito legal ter um livro que já teve vários donos, com marcas que mostram a sua trajetória.

10. Clean-um livro que você demorou muito pra superar o final.

11659444_444455085726765_6251552024716780304_n

Ugly Love (apesar do nome) é lindo do começo ao fim. Mesmo as partes tristes, são mostradas de uma forma muita bonita, então superar o final e a forma como tudo aconteceu foi muito difícil.

11. Wonderland – Um livro de fantasia que você recomenda.

download-10

Magisterium é um livro juvenil que todas as pessoas deveriam ler. A fantasia, história, a aventura e a amizade nesse livro são incríveis, e não podíamos esperar nada menos de Holly Black e Cassandra Clare <3.

12. New Romantics – Um livro que aborde o tema liberdade.
Capa (1)
Mesmo sendo um new adult, e tendo aquela coisa de “você é minha” e blá, Estranha Perfeição mostra a liberdade de uma forma diferente, na minha opinião. Depois de anos com uma mãe mentalmente instável, Della é finalmente livre para conhecer o mundo e o que ele reserva, e também é livre para amar<3.
13. Musica Bonûs: Come back, Be here – Um livro que narra um relacionamento a distancia.
download-11
Bela Distração, além de contar a história de Trent e Cami, também mostra algumas partes do relacionamento de Cami à distancia com T.J (ô casalzinho sem graça).
Essa foi a tag, eu espero que tenham gostado, porque foi muito divertido fazê-la! Não se esqueçam de se inscrever, comentar e nos seguir!
INSTAGRAM DO BLOG: @unicorniodepapel

Resenha: Him

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha de um romance, mas com um “subgênero” (?) diferente: o homossexual, e eu realmente espero que vocês curtam a resenha e que leiam o livro <3!

51ecWPEoszL._SX316_BO1,204,203,200_

 

 

Título: Him

Série: Him #1

Autoras: Sarina Bowen e Elle Kenedy

Editora: Rennie Road Books 

Número de páginas: 361

O livro conta a história de Ryan Wesley, Wes, e Jamie Canning, dois melhores amigos que por conta de uma aposta, acabam se afastando durante muito tempo.

Was e Jamie se conhecem no acampamento de hockey, por volta de seus 14 anos, e acabam se tornando os melhores amigos do acampamento. Porém, aos seus 18 anos, Wes faz uma aposta com Jamie que acaba por afastar os dois, por conta das questões pessoais de Wes.

“Jamie não se importava que eu tivesse chupado ele. Ele se importava que eu o tivesse abandonado. E saber que magoei meu melhor amigo muito mais profundamente do que eu tinha percebido me torce até embrulhar-me.”- Wes. 

Anos depois, no último ano de faculdade dos dois, Wes decide voltar para o acampamento, como treinador, depois de ver Jamie em um campeonato nacional de hockey e sentir que não pode mais ficar afastado de seu amigo daquela forma.

Lá, a atração e todos os outros sentimentos de Wes, por Jamie, vêm à tona com uma força arrebatadora, e os dois acabam sedendo, de uma forma ou de outra. Wes tenta ir no tempo de Jamie, que é relativamente novo, e que está descobrindo tanto sua orientação sexual, quanto seus sentimentos por Wes.

“O beijo vai de doce a derretido em questão de segundos. A língua dele enche minha boca em traços profundos, uma fome que me faz suspirar.”

Os temas tratados nesse livro, a paixão pelo esporte, algo que está sempre presente nos livros de Sarina Bowen; decisão de carreira, faculdade, e a homossexualidade, formaram um combo em forma de livro, com assuntos atuais e questões vividas por muitos jovens, especialmente em uma época de tão grandes mudanças, como essa.

Os personagens são incríveis. Wes, com seu humor afiado, suas tatuagens, piercings e sua arrogância, combinado com a incerteza, a dúvida e o medo de não ser correspondido por Jamie, se tornou um dos meus personagens preferidos de todos os tempos, sem sombra de dúvida.

“Será que vamos discutir sobre Sex and the City? Se assim for, eu sou a Samantha…””Você realmente sabe os nomes dos personagens de Sex and the City? Merda, se você não tivesse me dito que era gay, eu iria descobri agora…”-Jamie.

Jamie tem a mente extremamente aberta, uma leveza em seu jeito de ser, que conquista a todos. Sua personalidade, combinada com a de Wes, acabam pro formar o casal perfeito <3!

O livro é realmente muito bom, com muito romance, drama e tudo que um New-adult precisa para ser perfeito. Porém, é necessário muita maturidade, mente aberta e “cabeça” para conseguir digerir a história, e ter uma leitura proveitosa, já que o livro trata de um assunto polêmico, para muitos, atualmente.

Estrelinhas: 5+ ❤

Links para aquisição:

Amazon

Barnes & Noble

Outras resenhas de Sarina Bowen:

Resenha: The Year We Fell Down

Outros livros de Elle Kennedy:

images (6)

TBR da VEDATONA

download (1)

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago a minha TBR (to be read = a ser lido) da VEDATONA, uma maratona literária que ocorrerá dos dias 23 a 30 de abril, que foi criada pelos canais Geek Freak (Vitor Almeida), All About That Book (May), Thereza reads (Thereza), e o Livraria em Casa (Paulo). Cada um escolheu um desafio, que não é obrigatório, e eu e a Malu decidimos participar!

1-Desafio do Geek Freak: Um gênero que você leu pouco esse ano.

946749_1523388911304301_1232993812293781079_n.jpg

Eu considero livros nacionais como um gênero, não sei exatamente porque, então escolhi ler a série de Janeiro a Janeiro, de Aline Sant’ana, que é uma série de mini-livros ou contos, que a autora escreveu com ajuda de suas leitoras, por meio de um sorteio pelo mês de seu aniversário. Cada leitora pode escolher o nome dos personagens e o enredo de sua história. São todos e-books com mais ou menos 50 páginas cada, então a leitura será rápida, eu espero.

2-Desafio da Thereza: Continuar uma série.

images

Poderia ter colocado outro livro nessa categoria, mas escolhi a série Slater Brothers de L.A Casey, já que só faltam dois livros para terminar. Atualmente estou em Kane, o quinto livro da série, e pretendo chegar até Ryder, e depois morrer de ansiedade porque Branna, uma espécie de continuação só sai em Junho ou Julho hahahaha.

3-Desafio do Paulo: Um livro de um autor que você nunca leu.

download (2)

Como o hype nesse livro está uma coisa fora de série, escolhi A Thousand Boy Kisses de Tillie Cole para esse desafio, já que o mundo está conspirando para que eu leia esse maldito livro com essa capa maravilhosa, e porque eu nunca li nada de Tillie Cole, então acho que vai ser uma boa maneira de começar!

4-Desafio da May: Um livro do seu autor favorito.

download (4).jpg

Já falei algumas zilhões de vezes que Jamie McGuire é uma das minhas autoras de romance preferidas, então escolhi Belo Sacrifício, o terceiro livro da série Irmãos Maddox, Spin-off da série Belo Desastre. Faz uma semana que estou com esse livro nas mãos e faz uma semana que estou sambando e chorando por não ter lido ainda. (Se você estiver lido isso pai, obrigada por me dar um livro e por dizer que com esse título deve ser um sacrifício mesmo. Não é. Acredite.).

Também pretendo ler The Fire Between High and Lo, o segundo livro da série Elements, de Brittainy C. Cherry, para poder fazer resenha o mais rápido possível para vocês, e Him, da mesma autora de The Year We Fell Down e Elle Kenedy.

Essa foi a minha TBR, eu espero que eu consiga ler todos esses livros, e admito que é um risco, mas como só Belo Sacrifício é o único livro físico dessa lista, eu espero conseguir! Me desejem sorte, nos acompanhe pelo Instagram, estaremos postando atualizações por lá e não se esqueçam de ver a TBR da Malu, que deve ser postada ainda hoje!

#VEDATONA

INSTAGRAM DO BLOG: @unicorniodepapel