Resenha: Onde Está Você

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha da continuação de um livro que saiu aqui há pouquinho tempo, de uma autora que está conquistando um lugar muito importante no meu coraçãozinho sofredor de leitora hehe.

OBS:TEM SPOILER DE ENTRELINHAS, O PRIMEIRO LIVRO. NÃO ME RESPONSABILIZO POR CHOQUES, XINGAMENTOS, ATAQUES DE RAIVA NEM NADA DO TIPO.

download-12

 

 

Título: Onde está você

Série:Entrelinhas#2

Autora:Tammara Webber

Editora:Verus

Número de páginas:307

No final do primeiro volume da série, Emma acaba encontrando Graham e os dois confessam os sentimentos que têm um pelo outro, e apesar do enorme esforço de Graham para não se apaixonar por Emma, ele decide se arriscar e abrir seu coração para o amor mais uma vez.

Anos atrás, aprendi que nunca ficamos tão indefesos do que quando acreditamos que amamos alguém. Digo que não acredito no amor, mas isso não é totalmente verdade. Amor é só o nome de uma emoção. É gostar com esteroides. É luxúria com ética. E as emoções, medo, ódio, o que for, vêm e vão.

Emma decidiu sacrificar sua carreira de atriz para ter uma vida normal. Ela e Graham assumem um relacionamento à distância, à espera dos momentos em que poderão ficar juntos.

Brooke, a ex-namorada de Reid, conseguiu suportar três meses de gravação ao lado do ex-namorado ouro de Hollywood, e agora, mais velha e experiente, sabe o que quer: Graham. Porém, Emma está entre os dois. Ela decide se juntar à Reid num plano para conquistar Graham, e para que Reid reconquiste Emma.

Isso me incomoda, mas eu entendo. Os relacionamentos que tivemos com Reid e Brooke ativam aquela vozinha de e se em cada um de nós. Ele pensa e se ela não tiver superado o Reid, e eu penso e se ele realmente estiver apaixonado pela Brooke.

O segundo livro, na minha opinião, foi muito melhor do que o primeiro, pelo simples fato de que Emma e Reid não estão juntos. Apesar de não ter tanta participação quanto o outro. Graham me ganhou nas menores coisas, com um grande carisma e senso de humor (sem falar que ele é um dos personagens mais fofos desse universo), o total oposto de Reid.

Emma é um pouco mais “viva” nesse livro, com maiores emoções, dúvidas e tudo mais, que beneficiaram a história, quando contada pelo seu ponto de vista.

Apesar de odiar (isso mesmo, odiar) a Brooke e o Reid, tudo que eles fizeram no livro foi necessário para melhorar o relacionamento de Graham e Emma, e para dar até um pouco de emoção à história.

A Verus Editora não publicou nada sobre o lançamento do terceiro livro da série, mas provavelmente será lançado esse ano, já que eles têm o costume de lançar um livro a cada ano.

*Só para deixar claro que essa capa é muito mais fofa e mais bonita que a do primeiro livro*

Estrelinhas:4

Links para aquisição:

Amazon

Saraiva

Submarino

INSTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel

Resenha: Sweet

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha do terceiro livro da série Contornos do Coração (que já tem resenha aqui no blog, mas só vou colocar o link da resenha do primeiro livro, mas a do segundo já deve ter saído a essa altura).

download (9).jpg

 

 

Título:Sweet

Série:Contornos do Coração#3

Autora:Tammara Webber

Editora:Verus

Número de páginas:322

O livro conta a história de Boyce Wynn, o melhor amigo de Lucas, do livro Easy, um rapaz que já passou por poucas e boas na vida; um jovem intenso, que sofreu muito na infância, levando cicatrizes para a vida toda.

Temos Pearl Frank, a melhor amiga e paixão da vida de Boyce, uma garota que vêm de uma boa família, com direito a tudo o que quisesse. Ela acaba retornando à cidade natal depois de terminar um namoro de dois anos (com um babaca ridículo, diga-se de passagem) e decide mudar o rumo da sua vida por completo. Porém, depois de contar à mãe que não quer seguir a carreira dos seus sonhos, e ser “expulsa” de casa, ela precisa de um lugar para ficar, e acaba recorrendo à Boyce.

“Meu coração, que eu escondia com tanto cuidado, ignorava a razão. Ele corria atrás do que queria, e durante um ano ele só quis uma coisa, contra toda razão: Boyce Wynn.”

Os dois se conheceram quando crianças, quando Boyce salvou a vida de Pearl, e os dois criaram um laço um com o outro imediatamente, e tiveram uma relação meio colorida e esquisita desde então.

“Meu último pensamento compreensível foi ‘Santa mãe de Deus’. Olhando para o chão e sem perceber meu interesse, ele esfregava o cabelo molhado com uma toalha de rosto. Cada músculo do braço, do ombro e do peito se expandia e contraía com o esforço, formando arcos e linhas definidas que mudavam a paisagem embaixo das conhecidas sardas e das gotas d’agua que ele ainda não havia enxugado. Se eu procurasse “injusto” na internet, provavelmente encontraria um GIF dele naquele momento e um link para uma explicação biológica do caos que se passava no meu corpo e da comoção mental que o acompanhava.”

A história me ganhou logo de início. Eu tinha expectativas bem altas sobre esse livro, principalmente depois de ler Breakable e conhecer Boyce, e posso afirmar que elas foram completamente atendidas.

“Você é muito amor. Por isso eu te amo.”

Pearl é uma das melhores protagonistas que já conheci. É forte, não tem os chiliques típicos das personagens principais, nem indecisões típicas; Ela sabe o que quer, tanto relacionado ao amor quanto à carreira. *Gostei mais dela do que da Jacqueline, sinto admitir.*

A maioria dos personagens principais masculinos de Tammara Webber é sempre um amorzão (amorzinho é pouco), e apesar de amar de paixão Lucas, Boyce também entrou para o top 100 (sou muito indecisa para ter um top 10) crushs literários. Apesar de ter passado por muitas coisas na infância e adolescência, ele se tornou um homem trabalhador e respeitável. E a maneira como ele lida com Pearl, a maneira que ele a ama, é algo muito lindo de se ver (ler).

“Você é a melhor coisa que um dia já foi minha.”

Um dia, com muita fé, o quarto livro irá sair, mas ninguém sabe quando hehe. Sabemos que irá contar a história de Erin, amiga de Jacqueline, mas por enquanto é só.

29924861

Estrelinhas: 5+ ❤

Links para aquisição:

Saraiva

Amazon

Submarino

Americanas

INSTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel

Resenha: Entrelinhas

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago mais uma resenha de um livro de Tammara Webber, autora de Easy e Breakable, que já foram resenhados aqui no blog!

download.png

 

Título:Entrelinhas

Série:Entrelinhas#1

Autora:Tammar Webber

Editora:Verus

Número de páginas:350

Emma Pierce é uma jovem atriz de 17 anos, que se dedica integralmente à carreira, não frequentando a escola normal. Ela vive com o pai e a madrasta, que não a entendem, só pensando na fama e no dinheiro.

Emma é contratada para fazer um remake de Orgulho e Preconceito, numa versão estudantil, e consegue o papel da protagonista, fazendo com que sua vida vire de cabeça para baixo.

“Eu devia ser grata, devia me sentir sortuda – e sou grata, me sinto sortuda. Mas, mesmo que você tenha tudo que todos desejam, se não for o que você deseja, não é o ponto-final. Uma versão de cinema no ensino médio de uma das melhores histórias de todos os tempos? Sério? A menos que Jane Austen seja fã de Reid Alexander, ela provavelmente está se revirando no túmulo.”

Ela acaba conhecendo pessoalmente Reid Alexander, o artista jovem mais bonito de Hollywood. É o típico bad boy rico, que faz as coisas sem se importar com os outros e só se importa com ele mesmo. Ao conhecer Emma, a química dos dois é quase inacreditável. Reid se encanta com a garota e coloca como objetivo conquistá-la.

Entra em cena o jovem Graham, um dos rapazes mais velhos do elenco, que é um homem responsável, fofo e atencioso, sendo o total oposto de Reid, fazendo com que Emma fique mais confusa do que já é.

“-Bom, em qual desses dois caras você está interessada?

Penso no Graham ajeitando uma mecha de cabelo atrás da minha orelha quando fugimos da tempestade, a sensação de seus dedos deslizando na minha pele, como ele me escutou quando eu contei que perdi minha mãe. Penso na fome estampada nos lindos olhos do Reid, na diferença quente do seu beijo fora da tela e no modo como ele me provoca.

-Eu gosto dos dois. Eles são… diferentes.”

O livro é bem tranquilo, sem grandes emoções ou acontecimentos, e é uma leitura gostosa. Diferente de Easy ou Breakable, tem muitos defeitos. Um triângulo onde até a protagonista torce mais para um do que para outro.

Emma é uma protagonista sem sal, sem açúcar, sem nada. Não é o tipo chata, que irrita, como muitas outras, mas não tem grandes atributos ou uma grande personalidade.

“As pessoas estão certas quando dizem que o tempo cura as feridas. Mas as cicatrizes estarão sempre lá, esperando alguma coisa cutuca-las.”

Não gostei de Reid desde o início, antes de conhecer Emma e tudo mais. A personalidade dele não é nem um pouco atraente, e muitas de duas atitudes no livro me deixaram enojada. Depois de procurar saber mais sobre a série, descobri que são quatro livros, os dois primeiros já publicados no Brasil. Os dois últimos publicados serão sobre Reid. Não posso dizer que fiquei feliz em saber disso.

Tenho que a admitir que desde o início, o que me motivou a ler foi Graham, mesmo quando li a sinopse e não sabia nada sobre o personagem, e tinha achado o nome bonito. Além de ser um personagem maravilhoso, é maduro, não faz joguinhos, não é um personagem chato, com aqueles chiliques que mesmo meus personagens favoritos tem.

Estrelinhas:4 só por causa do Graham

Links para aquisição:

Saraiva

Submarino

Amazon 

INSTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel

Resenha: Breakable

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha de um livro lindo demais, que eu já li há algum tempo, mas que conquistou meu coração de jeito!

breakable

Título:Breakable

Série:Contornos do Coração #2

Autora:Tammara Webber

Editora:Verus Editora

Número de páginas:364

Em Easy (clique aqui para ler a resenha) a história foi contada pelo olhar de Jacqueline. Em Breakable, pudemos conhecer a história de Lucas, antes e durante seu romance com Jacqueline.

Landon Lucas Maxfield teve uma infância privilegiada e feliz, como a maioria das crianças, com a esperança de um futuro promissor, até que uma tragédia desmoronou sua vida.

“Observá-la fazia meu coração doer como se ele estivesse conectado ao estado emocional dela, em vez de se dedicar à função principal – me manter vivo.”

Após ter a vida desestabilizada de maneira terrível, Landon (como eu prefiro chamar, já que acabamos ficando íntimos) acaba tendo que se tornar adulto antes do esperado. Acaba se envolvendo com coisas que não faziam bem, tomando o rumo errado da vida.

“Amor não é a ausência de lógica
mas a lógica examinada e recalculada
aquecida e encurvada para se encaixar
dentro dos contornos do coração.”
Ao mesmo tempo, a história “atual” de Lucas é contada, a queda (ou abismo) que tem por Jacqueline, quando ele a salva de uma tentativa de estupro e quando ele vira seu monitor em economia, sendo que ela não imagina que Landon, o monitor atencioso, e Lucas, um rapaz sombrio que parece ter muito a esconder, são a mesma pessoa.
“Havia momentos em que eu surpreendia meu pai olhando para ela como se não conseguisse acreditar que aquela mulher estava na sua cozinha, ou morava na sua casa.”

O livro conta a história de uma mesma pessoa, em fases completamente diferentes de sua vida. Primeiro temos Landon, o garoto que se perdeu completamente depois de ter seu lar destruído após uma enorme tragédia, e Lucas, o adulto que teve amadurecer muito antes do que o normal, se tornando um homem responsável, que depois de muito tempo,sente seu coração realmente bater de novo.

“Eu não me permitia desejar algo tão impossível havia muito tempo.”

 

 A escrita da autora é incrível. Depois de três anos querendo ler Easy, todas as minhas expectativas foram atendidas, e ao ler Breakable, minha admiração pela capacidade de criar uma história, um romance, que também trata de assuntos atuais e fora da zona clichê, só cresceu.

“Talvez eu não houvesse salvado a vida de Jacqueline naquela noite, mas a salvara de algo que lhe roubaria parte da alma. Eu era consumido pela ideia de cuidar dela e para isso precisava conhecê-la melhor.”

A personalidade de Landon Lucas é incrível. Ele é forte, mesmo tendo passado por tudo que passou, e ainda assim consegue ter um grande coração, e se tornou um dos melhores personagens que já “conheci”. O senso de responsabilidade que tem em relação à Jacqueline, só me provou que mesmo o famoso bad boy dos livros, tem um enorme coração.

“Ela se surpreendeu por eu me lembrar do que ela me pedira uma semana atrás. Eu poderia catalogar com prazer suas preferências e o que ela não gostava. Cada um deles. De como ela preferia o café a como gostava de ser beijada, ou que carícia era capaz de fazê-la estremecer da cabeça aos pés.”

Apesar de ter ouvido muitos comentários dizendo que Breakable é um livro desnecessário, por contar a mesma história que Easy e blá blá blá, discordo totalmente. O livro revela muito mais do que o primeiro, sobre todos os personagens e suas visões, além de apresentar novos componentes essenciais para a compreensão.

 

Estrelinhas: 5+ ❤

Links para aquisição:

Amazon

Saraiva

Submarino

Americanas

INTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel

Fictional Boyfriend Book Tag

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago uma tag que todo mundo já fez, mas que é meu sonho (apesar de saber que vai ser muito difícil escolher um só para cada categoria) fazer! Espero que gostem!

1- O namorado mais romântico

A primeira pergunta já chegou pra f**** comigo. Depois de pensar absurdos escolhi simplesmente todos os meus crushs literários porque não tinha como escolher um só haha!

download-14

2- O bad boy misterioso que no fundo é bonzinho
Não pude pensar em ninguém além do Lucas, de Easy, que apesar de parecer frio e distante, é um rapaz super fofo, atencioso e apaixonante.
download (15).jpg
3- O namorado paranormal
Apesar de serem vários crushs paranormais, escolhi o mais fofo, que primeiro me veio à mente, Jordan Kyle, de Instrumentos Mortais, um lobisomem da Praetor Lupus.
4- O namorado que você quer domar
A lista é grande, a indecisão também, então decidi escolher Rush Finlay, que mesmo que já tinha sido domado, no início da série Rosemary Beach, me fez querer dar uns tapas nele e fazê-lo se acalmar, quando o assunto eram mulheres. (Não podemos esquecer também a resposta mais óbvia, o love, Travis Maddox vulgo amor da minha vida).

 

5- O cara na friendzone
download-17
Belo Desastre vai estar bem presente nessa tag por razões óbvias, mas não pude deixar de lembrar (apesar de haverem inúmeras opções) do Parker, que levou um pé na bunda tão grande, seguido de um pedido de amizade, que friendzone é pouco pra descrever.
 6- Sua alma-gêmea4893e1bf0034c98d44e3cf42171b974b.jpg
Pra mim, todos são almas-gêmeas, até porque libriano é um tipo de pessoa que adere a múltipla escolha, não é mesmo? Para esse, escolhi o Hartley, de The Year We Fell Down, que é a pessoa mais maravilhosa, fofa e ai meu Deus desse mundo.
c8bebbda4c5b4a4142f4d405817a676e.jpg
7- O namorado com quem você fugiria
Com certeza o Day de Legend poderia me levar pra qualquer lugar, eu iria sem pensar duas vezes.
8- O namorado que você arriscaria ir a qualquer lugar
rodrigo bett.jpg
Liam Quinn, de coração perverso, é o tipo de namorado que você encaixa desde um restaurante bacana, até uma produção de Romeu e Julieta <3.
9- O namorado que você gostaria que estivesse em uma ilha deserta com você
download-18
Taylor Maddox seria o que eu levaria para uma ilha deserta, porque ele é bombeiro (veio na cabeça a música do bombeiro agora) então ele manja das coisas dos salvamentos da vida, e a gente ia se amar lá e ele iria nos salvar se necessário haha.
10- O namorado fodão
Dominic Slater é o namorado fodão, assim como Travis, Trenton, Tyler, Tripp Newarck, Jace Wayland, Will Herondale, Jem Carstairs, Day, Daniel, Tristan, Logan, Miles, Cash, Gavin, Aspen, Rush, Grant, Woods, Victor, Frederik, Holder, Lucas, Boyce, Mase, Hartley, Ezio, Levi, Wes e tantos mais que eu nem lembro, mas que a sua maneira, são f****.
Essa foi a tag, espero que tenham gostado, nos sigam no Instagram e no blog!
INSTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel

Resenha: Easy

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha de um livro muito muito amorzinho, que eu fiquei namorando por um tempão antes de ler, e que me lembrou muuuuuito de Belo Desastre! Espero que gostem!

easy_1371147414p

Título:Easy

Série:Contornos do Coração#1

Autora:Tammar Webber

Editora:Verus

Número de páginas:308

O livro conta a história de Jacqueline, uma garota inteligente, que fez a besteira de seguir o namorado de ensino médio para a faculdade que ele havia escolhido. No segundo ano, ela está perdida, em um lugar que não queria estar, e quase repetindo pela primeira vez em uma matéria.

“Três anos se passaram desde que eu tinha deixado de ser Jacqueline, e eu lutava diariamente para recuperar a parte original de mim mesma que eu deixei de lado por ele. Não era a única coisa da qual eu tinha desistido, ou a mais importante. Era apenas a única que eu poderia recuperar.” 

Uma noite, saindo de uma festa, Jacqueline é vítima de uma tentativa de estupro, mas é salva por um rapaz misterioso, que sabe seu nome, enquanto ela não sabe nada sobre ele. Porém, depois do que aconteceu, Lucas, seu salvador, aparece em todos os lugares possíveis.

“Eu nunca havia notado Lucas antes daquela noite. Era como se ele não existisse, mas de repente parecia que ele estava por toda parte”

Depois de perder uma prova e várias aulas de economia, Jacqueline é levada a procurar pelo monitor da turma, Landon Maxfield. Ao se comunicarem por e-mails, a única maneira pela qual se “conhecem”, ela percebe que estão flertando abertamente e brincando um com o outro, e que ela não se sentia tão bem havia semanas, junto com o fato de que ela e Lucas também têm passado bastante tempo juntos, deixando a garota mais confusa do que nunca.

“Talvez você tenha confiado demais nele, mas isso reflete o quanto ele é indigno de confiança, não alguma falta de inteligência da sua parte” – Landon.

Tudo isso, mais o segredo que Lucas esconde, que pode separar os dois antes do que esperado.

“Preciso te desenhar outra vez. Fiz mais alguns desenhos de memória, mas não é a mesma coisa. Não consigo acertar o formato do seu queixo. A linha do pescoço. E os seus lábios. Preciso passar mais tempo observando e menos beijando” – Lucas.

Jacqueline é uma personagem forte, considerando tudo pelo que passou. A forma como ela superou o término, sua nota baixa e tudo mais, nos dão um grande exemplo de Girl Power.

Lucas é um personagem extremamente inteligente, acolhedor e carinhoso. A forma como ele trata Jacqueline depois do que aconteceu, é amável, deixando você totalmente envolvida pela história e por como as coisas irão se desenrolar.

A narrativa é fácil e simples, muito parecida com a de Belo Desastre, uma das principais razões que me motivaram a ler o livro. Mas as comparações acabam por aí, porque os plots são muito diferentes, assim como os personagens. Os cenários são muito parecidos também.

O livro trata da assuntos polêmicos com delicadeza e sutileza, ensinando muita coisa, o que o torna o livro não só um romance bonito, mas uma grande fonte de ensinamentos sobre diversas coisas.

Estrelinhas: 5 + ❤

Links para aquisição:

Livraria Cultura

Submarino

Amazon

Saraiva

INSTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel

Tag 7 Pecados Capitais

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago a tag 7 Pecados Capitais (já tem um tempinho que eu quero fazer essa tag) e eu espero que vocês gostem!

1-Avareza: Qual seu livro mais caro e o mais barato?

Meu livro mais barato é Diário de uma Paixão, do Nicholas Sparks, que custou 4 reais numa banca de jornal bem velha no centro haha, e o mais caro é Princesa Mecânica da Cassandra Clare que custou 42 reais (que doem um pouco no bolso).

 

2-Ira: Com qual autor você tem uma relação de amor e ódio?

download (3)

Já mencionei o livro aqui antes (tem resenha, se quiser ler clique aqui) mas ao meso tempo que eu amo Gavin e a história, a Emily é o que me faz odiar o livro muitas vezes. Extremamente indecisa e cega, tornando o livro um muitinho pior.

3-Gula: Qual livro você devorou sem vergonha alguma?

download (12)

O livro é tão bom, os personagens são tão incríveis, que eu não tenho nenhuma vergonha em admitir que li em um dia (mais da metade durante as aulas que eu supostamente deveria prestar atenção).

4-Preguiça: Qual livro você tem negligenciado devido a preguiça?

download-8

Não estou negligenciado por preguiça (não exatamente), mas porque essa série e essa autora são tão especiais para mim, que eu quero esperar pelo momento certo, para aproveitar a leitura o máximo possível!

5-Orgulho: Que livro você tem mais orgulho de ter lido?

503902_capa_g

Eu geralmente não gosto de exibir os livros que leio, mas esse eu particularmente me orgulho, por ter sido um livro que li à pedido da escola, que eu realmente gostei, e tive a chance de conhecer o autor, Mario Teixeira, que também escreveu a novela Liberdade, Liberdade, da rede Globo.

6-Luxúria: Que atributos você acha mais atraentes em personagens femininos e masculinos?

Em personagens femininos, mulheres fortes e inteligentes, como a Tamara de Magisterium, e até a Abby, de Belo desastre (apesar dos pesares), mas que sabem reconhecer a hora em que precisam de outras pessoas além delas mesmas. Em personagens masculinos, senso de humor, carinho e quando eles sabem que não podem proteger as mocinhas de tudo, mesmo que as amem muito, como Liam Quinn de Coração Perverso (tem resenha aqui no blog), e Lucas de Easy, que apesar de querer proteger Jacqueline, sabe que ela precisa enfrentar certas batalhas sozinha.

7-Inveja: Qual livro você gostaria de ganhar presente?

download-9

A lista é enorme, mas principalmente O Caderninho de Desafios de Dash e Lily, de David Levithan e Rachel Cohn, por ser um livro que se passa na época de Natal, que é época de ganhar presentes.

Essa foi a tag, espero que vocês tenham gostado! Se inscrevam para receber por e-mail sempre que tiver post novo, comentem e nos sigam no Instagram!