Lançamento de 11 Noites com Você em SP

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago uma divulgação de evento (sim, depois de 2000 anos sem postar nada disso). Desta vez, do lançamento de uma autora nacional muuuuuuito fofa, a Aline Sant’Ana, autora da série De Janeiro à Janeiro (que já tem post aqui no blog) e da série Viajando com Rockstars.

16831923_1266297503458770_4778882180769694221_n

O evento vai acontecer no dia 18 de março, à partir das 15 horas, na Saraiva do Shopping Pátio Paulista, lá pertinho da Avenida Paulista! Clique aqui, para confirmar presença no evento criado no Facebook.

*Cheguem cedo, já que sempre tem distribuição de senhas, e você não quer ser o último da fila, não é mesmo?*

OBS: Não há limite de livros para autógrafo, então pode levar a tua série Viajando com Rockstars todinha que não tem problema, viu colega?

fa1e8e6e0a(3).jpg

 

11 Noites Com Você
Série: Viajando com Rockstars – Livro 2
Autora: Aline Sant’Ana

Sinopse

Zane D’Auvray é incapaz de dizer não às mulheres. O guitarrista da The M’s aproveita-se da fama e nunca encontrou motivos para se estabilizar em um relacionamento. Todas as atitudes promíscuas que tomou durante a vida jamais foram questionadas. Exceto agora.

Em uma mudança de gestão, troca-se de empresário, e o que Zane não esperava era que os bastidores seriam coordenados por uma linda mulher, prometendo consertar as pontas soltas. Kizzie Hastings, a empresária, passará por um teste de onze noites pela Europa com a The M’s em turnê. Zane, fazendo pouco caso da situação, não vê grandiosidade nisso.

No entanto, quando percebe que Kizzie é a única pessoa imune aos seus encantos, acaba por abraçar um desafio pessoal, sem saber que há muito mais em jogo do que somente a sedução.

INSTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel

Anúncios

Animais Fantásticos e Onde Habitam

E aí meus unicórnios, como vocês estão? Hoje vim trazer uma resenha sobre um filme que pude ver apenas recentemente e quis compartilhar com vocês a minha opinião desta trama maravilhosa!

403504Título: Animais Fantásticos e Onde Habitam
(“Fantastic Beasts and Where to Find Them“)

Diretor: David Yates

Ano: 2016

“Animais Fantásticos e Onde Habitam” é um filme mágico de todas as formas. Com uma história muito interessante, JK Rowling expande o seu universo e nos deixa muito mais curiosos do que qualquer outra coisa sobre o mundo bruxo americano.

Newt Scamander (conhecido pelos filmes “A garota dinamarquesa” e ” A Teoria de Tudo”) é um jovem bruxo que se dedica ao estudo de criaturas mágicas, depois de ser expulso de Hogwarts seguindo um acidente com uma destas feras. Em busca de levar um de seus animais de volta ao seu habitat natural nos Estados Unidos, Newt deixa escapar várias das suas criaturas, e logo se põe a tentar recapturá-las antes que elas causem ainda mais estrago. Nesta confusão, Newt acaba envolvendo o trouxa/não-maj Jacob , um homem de bom coração que quer abrir sua padaria. Não demora muito para que o Congresso Mágico dos Estados Unidos (a MACUSA) esteja presente na figura da agente Porpentina, “Tina” Goldstein, uma bruxa que caiu em desgraça no Ministério e que vê em Scamander uma chance de se redimir, mas só se complica ainda mais ao trazer sua irmã Queenie para dentro desta confusão.

animais-fantasticos-onde-habitam

Alem de tudo isso, forças obscuras estão operando em Nova Iorque, provavelmente relacionadas a Gerardo Grindelwald um terrível bruxo das trevas que está criando caos e buscando fazer com que o mundo dos bruxos e não-bruxos entrem em confronto.

Por um lado, muitas vezes a historia acaba sendo levada para um lado muito inocente e leve, com o ar infantil, mas e muito linda a forma como eles mostram a relação de Newt com suas criaturas.

Por outro lado, lembramos que como todo filme no universo bruxo, todos os vilões são mais sombrios e não importa sua idade, sempre te dará aquele frio na barriga. A sociedade dos Novos Salemianos – que buscam uma nova caça às bruxas que creem viver em seu meio – é liderada por uma mulher cruel e psicótica, que tem um exército de crianças de rua ao seu dispor, às quais dá comida em troca do trabalho delas. Entre seus filhos adotivos que usa para sua causa, destaca-se Credence um jovem traumatizado e perturbado que busca desesperadamente ser mais do que é.

Como o próprio nome do filme já diz, não poderiam faltar as criaturas magicas mais fofinhas, e com efeitos especiais MUITO bem feitos. Algumas invisíveis, outras que se expandem, e outras ainda muito inteligentes e com uma tara por objetos brilhantes: todos esses animais fantásticos enchem os olhos com o seu lindo visual, e nos apaixonam com sua docilidade. Durante a trama é impossível não pensar em como Hagrid seria um excelente ajudante de Scamander. Mas agora falando de uma criatura em especial, fui so eu que me apaixonei pelo Picket? ❤

animais fantásticos 7

 

Agora vamos a uma das maiores polêmicas do cast, a aparição de Johnny Deep. Quando foi divulgado que ele estaria no elenco eu fiquei realmente muito revoltada, por conta de tudo que aconteceu no relacionamento abusivo entre ele e Helena Bonham Carte, nossa querida senhora Lestrange. E sobre a aparição dele de no máximo 5 minutos, eu odiei! Obvio que apesar de todos e pesares Johnny Deep e um dos melhores atores da atualidade, mas foi muito mal feito os efeitos e ele estava parecendo um jacaré albino. Espero mais deste nosso vilão no próximo filme da série! Porem para mim esta foi a única falha do filme.

Este já é um dos melhores filmes do ano, constando também entre um dos melhores (talvez o melhor?) filme do universo Harry Potter, beneficiando-se muito do fato de não ter um livro no qual se baseia, escapando de comparações. Voltar a este mundo é fantástico, mesmo que não esbarremos com nenhum dos personagens dos filmes anteriores. “Animais Fantásticos e Onde Habitam” é uma aventura completamnete maravilhosa apropriada para toda a família, na qual você vai querer entrar e não mais sair.

302802

Estrelinhas: 5+<3

INSTRAGRAM DO BLOG: @unicorniodepapel

Resenha: Sonata em Punk Rock

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha de um livro que foi lançado na Bienal do Livro de São Paulo e que é muito muito amorzinho, mas com uma boa pegada de rock!

frente_sonata_bx-680x1024

Título: Sonata em Punk Rock

Série: Cidade da Música #1

Autora: Babi Dewet

Editora: Gutenberg

Número de páginas: 304

 

O livro conta a história de Valentina, ou Tim, como prefere ser chamada, uma garota que tem uma vida extremamente simples, mas que tem um enorme sonho: estudar na melhor escola de música do país, a Academia Margareth Vilela.

Mas, uma mensalidade da academia, seria o total do salário seu e deu sua mãe por um bom tempo, então quando o pai de Valentina aparece em sua vida, depois de ter abandonado sua mãe grávida, e se oferece para pagar por seus estudos, ela mal hesita antes de aceitar.

“Se esse tipo de coisa era comum na Margareth Vilela, ela já tinha começado a gostar muito do lugar.”

Assim que chega à Academia, se sente mais deslocada do que um dedão machucado. Todos são adeptos da música e dos instrumentos clássicos, além terem muito dinheiro. Valentina acha que música clássica é música de elevador, só toca guitarra, que aprendeu na internet e mal tinha dinheiro para sustentar sua casa.

“O rock’n’roll de Valentina tinha ficado mais alto e se tornado, de alguma forma, obrigatório.”

Lá, ela tem que estudar algum instrumento clássico, e escolhe o piano. Mas a única coisa que ela sabe tocar, é a música do comercial de iogurte. Então, resolve pedir ajuda a Kim, um dos melhores alunos da Academia, filho da diretora, e a pessoa que sem sombra de dúvida, mais odeia Valentina.

Com um pouco de chantagem, e curiosidade sobre a garota que se veste estranhamente, Kim aceita dar aulas de piano à Valentina. Os dois acabam se aproximando e logo Valentina percebe que tem sentimentos muito fortes por ele, mas não sabe se é correspondida.

“A letra da música era bem condizente com a situação e Kim detestaria dmitir para si mesmo que Valentina tinha se tornado tão bonita para ele que era impossível parar de pensar nela.”

Esse livro é extremamente cativante. A situação de Valentina, logo no início, faz com que muitas pessoas se identifiquem, querendo saber aonde a história da personagem e seu sonhos, irão chegar.

Todas as letras de músicas, rock ou não, definitivamente tornaram o livro uma obra de arte maior ainda. Todas as músicas, sem exceção, se encaixaram perfeitamente nos acontecimentos e sentimentos dos personagens.A leitura é fácil e flui muito bem, tornando tudo mais prazeroso. A escrita da Babi era uma coisa nova para mim, então foi uma ótima surpresa poder experimentar seu jeito de contar uma história.

O livro faz parte de uma trilogia, Cidade da Música. Cada livro terá histórias diferentes e independentes (e eu realmente espero que o segundo livro saia logo, porque eu mal posso esperar para embarcar para a Cidade da Música mais uma vez!).

É uma história repleta de amizade, amor, carisma e muita música, que nos mostra que não podemos esquecer quem realmente somos, independente do quanto os que estão ao redor de nós, sejam diferentes.

*Também tivemos a oportunidade de conhecer (e babar muito) a Babi na Bienal do Livro. Repara só na fofura (e no meu ataque de Fangirl)!

Estrelinhas: 5+ ❤

Links para aquisições:

Amazon

Saraiva

Submarino

Livraria Cultura

INSTAGRAM DO BLOG: @unicorniodepapel

Resenha: Coração Perverso

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha de um livro que acabei há pouquíssimo tempo, de uma série que já é resenhada pelo blog! Os links para as outras resenhas estarão no final do post.

1d1e859b-b9a4-458c-8bd6-6e36cb15016c

Título: Coração Perverso

Série: Starcrossed #3

Autora: Leisa Rayven

Editora: Globo Alt

Número de páginas:350

O livro conta a história de Liam Quinn e Elissa Holt, a irmã do famoso Ethan Holt, de Meu Romeu e Minha Julieta.

Liam e Elissa se conheceram há seis anos, em um bar, e já sentiram um enorme choque de atração um pelo outro. Depois, se tornaram mais próximos ainda, na produção de Romeu e Julieta em que Elissa estava trabalhando.

Depois de um rápido romance, Liam vai para Los Angeles, deixando Elissa com a esperança de que eles irão se encontrar em algum momento no futuro, e com um coração despedaçado.

“Anos atrás, vi um artigo de revista que dizia que todo mundo deveria ter o coração partido ao menos uma vez para se transformar em uma pessoa melhor. Dizia que a dor de perder alguém que se ama faz você aprender sobre si mesma. Desenvolve força e resiliência.”

Seis anos depois de ter despedaçado o coração de Elissa, Liam volta para Nova Iorque, para trabalhar em mais uma peça que Elissa está dirigindo, mas desta vez está noivo da atriz principal, e atado dos pés à cabeça com sua vida em Hollywood e seu casamento.

“ – Eu senti sua falta, Liss. Dói não te ver por todos esses anos, mas isso? Você estar bem aqui e eu não poder ter você? Dói muito mais.”-Liam.

Mesmo depois de seis anos, o que sentem um pelo outro não mudou nem um pouco, pelo contrário, só cresceu exponencialmente. Mas os dois tentam manter tudo no nível estritamente profissional, apesar da enorme atração e tensão que cercam os dois e sua história juntos.

“Ele me encara por alguns segundos e, que merda, não acredito que depois de todos esses anos o efeito dele sobre mim não diminuiu. O tempo deveria curar tudo, certo? Bom, ele não ensinou meu coração a parar de desejar um homem que não me quer.”-Elissa.

Os dois enfrentam uma enorme quantidade de problemas, não só pelo fato de Liam estar comprometido, mas por sua fama, que agora o segue para onde ele for, cercado por fotógrafos, jornalistas, etc.

Elissa me surpreendeu muito, ainda atendendo às minhas expectativas. É uma mulher forte, trabalhadora e extremamente boa no que faz, além de ser apaixonante e com um enorme coração.

Liam é arrogante, mas gentil, engraçado, e resguardado, uma tempestade de controvérsias que o tornaram um personagem maravilhoso, isso sem falar em sua aparência! Ele e Elissa juntos formam um dupla incrível, que se completa, se ajuda e se ama incondicionalmente.

O livro é incrível. Com muito romance, amor, amizade, senso de humor e drama, tudo nas medidas certas. Uma escrita fácil, fluida e atual, que nos faz querer engajar no livro desde a sinopse.

*Eu realmente quero um Josh na minha vida <3.

Estrelinhas: 5 + ❤

Links para aquisições:

Amazon

Saraiva

Submarino

Livraria Cultura

Outras resenhas da autora:

Resenha: Meu Romeu

Resenha:Minha Julieta

INSTAGRAM DO BLOG: @unicorniodepapel

Resenha: Muito mais que o acaso

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha de mais um livro adquirido na Bienal, e que eu tive a oportunidade de conhecer o autor no lançamento de seu primeiro livro! Ele é filho Bianca Briones, a autora da série Batidas Perdidas,  As Fases da Lua e Como se Fosse Magia.

shopping

Título: Muito Mais que o Acaso

Autor: Athos Briones

Editora: Gutenberg

Número de páginas: 159 

O livro conta a história de Victor, um garoto comum, de um bairro simples de São Paulo, que acaba de mudar para uma escola de pessoas de nível financeiro diferente, com uma bolsa de estudos por jogar futebol extremamente bem.

“Que mundo triste este em que um garoto pensa que todos que lhe oferecem algo bom estão esperando receber outra coisa em troca (…) É que sempre é assim não é mesmo?”

Ele sonha em proporcionar uma vida melhor para sua mãe e sua irmã, e agora com essa oportunidade em mãos, ele não pode deixá-la passar, apesar de estar completamente fora de sintonia com seu novo colégio, no primeiro momento.

 “Agora eu estava com um pé em cada mundo e nunca me senti tão perdido.”

Em sua nova escola, acaba conhecendo Sophia, em quem acaba confiando seu coração, pouco a pouco, além de seus amigos Matheus e Leo, que apesar de terem vidas diferentes, fazem com que Victor se encaixe quase que perfeitamente na nova escola.

“O ensino médio é uma loucura. É quando começamos a nos descobrir e tentamos ajudar uns aos outros para que façam o mesmo. O destino me trouxe para a vida de Sophia e a trouxe para a minha, porque ele sabia que precisávamos um do outro.”

Victor e Sophia iniciam uma espécie de relacionamento, quando começam a cuidar de uma cadela que acabou de dar a luz, e que Sophia trouxe para o colégio. Com isso, os dois acabam se aproximando bastante, apesar das diferenças.

” Ela me faz bem apenas por estar perto e eu estou gostando muito disso. “
O livro é bem curtinho e tem uma escrita bem levinha, o que deixa a leitura muito gostosa. Muitas gírias e mensagens, que são normais e constantes no nosso dia aparecem no livro, e é muito legal ver que o autor incorporou coisas normais e atuais ao livro.
Também é muito interessante a maneira como a realidade de muitos jovens é mostrada de maneira extremamente realista, como a simplicidade, escolha de carreira por pressão, entre outras coisas que deixam o livro mais próximo dos leitores.
Victor e Sophia são meu novo casal 20, sem sombra de dúvida. Os dois se completam de uma maneira muito bonita, com simplicidade, honestidade e muito amor <3.
Cada vez que algo muito fofo entre eles acontecia, e eu lembrava que faltavam poucas páginas para que o livro acabasse, eu quase implorava por mais 200 páginas, pelo menos!
foto
Bem cansada e com muita dor no corpo, mas feliz e tendo mais um ataque de Fangirl, tudo ao mesmo tempo!
Estrelinhas: 4
Links para aquisição:
INSTAGRAM DO BLOG: @unicorniodepapel

Resenha: Dama da meia-noite

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha de um livro que eu acabei de ler, e estou tão nervosa, com o final e com tudo, que precisava compartilhar com vocês o mais rápido possível!dama-da-noite

Título:Dama da meia-noite

Série:Os artifícios das trevas

Autora:Cassandra Clare

Editora:Galera Record

Número de páginas:554

O livro se passa em 2012, cinco anos depois da Guerra Maligna, conduzida por Sebastian Morgenstern, que destruiu boa parte do mundo dos Caçadores de Sombras.

Mesmo tantos anos depois, Emma Carstairs não acredita que seus pais foram mortos por Sebastian, e busca vingança.Busca e reúne, provas e qualquer indício que possa levá-la ao assassino de seus pais.

Durante suas investigações, uma série de assassinatos, acontece em Los Angeles, todos muito parecidos com o de seus pais, mesmas marcações nos corpos, com água do mar, e etc. E é aí que Emma se envolve em uma grande investigação, com ajuda do Povo das Fadas.

“Se havia duas coisas que ele acreditava que não tinham limites, eram amor e imaginação.”

Pouco tempo depois da Guerra Maligna, as fadas foram consideradas traidoras, e a Paz Fria foi decretada, assegurando que nenhum Caçador de Sombras, ou qualquer outro membro do Submundo, tenha qualquer tipo de relação com o Povo das Fadas.

Quando o Instituto de Los Angeles foi atacado por Sebastian, em 2007, Mark Blackthorn foi levado, e se juntou, forçadamente, à Caçada Selvagem, e os Caçadores de Sombras foram impedidos de procurá-lo.

5 anos depois, Mark retorna para a família Blackthorn, para ajudá-los na investigação dos assassinatos, para descobrir quem os comanda, e assim, decidir seu destino.

“Todos os grandes filmes são sobre o amor. Amor perdido, amor encontrado, destruído, recuperado, comprado, vendido, morrendo e nascendo.”

Depois de quase um ano, sem ler nada de Cassandra Clare, o livro foi quase como um balde de água fria, que despertou muitos dos sentimentos, que só Cassandra poderia despertar em um leitor.

O livro se passa depois dos acontecimentos de Cidade do Fogo Celestial, o último livro da série Os Instrumentos Mortais, que tem muita (ou talvez total) ligação com a história atual.

Cassandra Clare aborda os temas e acontecimentos com delicadeza, sutileza, e o gosto e o cheiro metálico do sangue, uma de suas características mais marcantes. Cria personagens, mundos, e até vilões que te prendem e surpreendem a cada linha.

Emma Carstairs, calejada pelo que a vida, os Caçadores de Sombras e a morte fizeram com ela, mostra um grande desejo de vingança  e justiça, coisa que está inicialmente presente em Cidade do Fogo Celestial, onde os personagens de Os Artifícios das Trevas, são apresentados. Podemos ver, que quando ama alguém, é intensa e incondicional, defendendo sua família a qualquer custo.

Julian (Jules) Blackthorn, seu parabatai, é um dos personagens mais apaixonantes criados por Cassandra, que me lembrou muito de Jem Carstairs, personagem de As Peças Infernais, por sua calma e firmeza, e pelo amor àqueles que fazem parte de sua vida e de seu coração. Também podemos ver, mais forte do que nunca, o quanto o garoto lutou e o quanto sempre irá lutar para manter sua família unida.

O livro, sem sombra de dúvida, é o melhor início de série da autora, aterrorizante e feliz na medida certa, com equilíbrio entre os acontecimentos, personagens e cenários, formando uma história completa e cativante a cada página, que te faz querer conhecer os novos personagens que estão sendo introduzidos neste novo mundo.

A edição brasileira, manteve a capa americana, apenas adicionando um pouco mais de luz, e também conta com a primeira edição com holografia, um capítulo extra, sobre os personagens principais de Os Instrumentos Mortais, e a capa interna com desenhos, que faz com que você sinta mais vontade ainda de ler o livro. A editora Galera Record caprichou nos mínimos detalhes.

foto.JPG

O livro, foi inspirado em um poema de Edgar Allan Poe, Annabel Lee, uma peça fundamental do mistério do livro.

O segundo livro, Lord Of Shadows, ainda não tem previsão de lançamento em lugar nenhum, mas o site Idris Br, tem liberado alguns snipets (pequenos fragmentos do livro, lançados pelo autor antes do lançamento oficial do livro), deixando os fãs extremamente ansiosos por essa continuação <3.

Links para aquisição:

Amazon

Saraiva 

Livraria Cultura

Estrelinhas: 5+<3

INSTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel

Turnê de 1+1: A Matemática Do Amor

13179355_989452211138725_2154316910251922924_n

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago mais uma divulgação de evento, dessa vez da turnê de lançamento de 1+1: A Matemática do Amor, de Vinicius Grossos (autor de Um Garoto Quase Atropelado e Sereia Negra) e Augusto Alvarenga (autor de Um café, um amor e Nova York)!

A turnê começa no dia 3 de junho, em Juiz de Fora, que, se eu não me engano, é a cidade do próprio Vinicius. Lá no Facebook tem tudo explicadinho, com horário, local e tudo! Se quiser conferir os detalhes do evento de Juiz de Fora, clique aqui!

Em seguida, os autores passarão por Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo, que é aonde eu irei (com a Malu a tiracolo porque eu tenho vergonha demais de ir nesses eventos sozinha haha).Se quiser saber mais sobre o evento de São Paulo (confirmem a presença!!!) clique aqui!

O evento está marcado para o dia 11 de junho, com início às 15 horas, na livraria Cultura do Conjunto Nacional, na Avenida Paulista. Mas cheguem com muita antecedência, por questão de senhas, lugares e tudo mais!

Outra dica:apesar de o livro estar na pré-venda, compre no dia e local do evento!! Pode até ser mais caro e etc, mas vale mais a pena do que correr o risco de não ter o livro em mãos no dia do evento!

Fotos dos autores super fofos só para incentivar os leitores á ir no evento, para conhecer suas histórias maravilhosas e poder abraçá-los e tirar selfies e fotos fofinhas com eles <3.

download

download (4)

 

 

INSTAGRAM DO BLOG: @unicorniodepapel

Resenha: The Fire Between High And Lo

Olá meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha do segundo livro da série Elements, de Brittainy C. Cherry, autora de Sr. Daniels e The Air He Breathes! Se você não leu as resenhas desses livros, clique aqui!download (5)

Título: The Fire Between High and Lo

Série:Elements #2

Autora: Brittainy C. Cherry

Editora:B.C Cherry Books

Número de páginas:324

O livro conta a história de Logan (Lo) e Alyssa (High). Os dois são completamente diferentes mas completamente iguais. Alyssa tem problemas com a mãe, que despreza seu amor pela música e todas suas escolhas. Logan tem uma mãe viciada em drogas, submissa à seu pai, um homem malvado e nojento, que a faz se sentir mal consigo mesma e que machuca os dois, tanto física quando psicologicamente.

Logan e Alyssa se conhecem no mercado onde ela trabalha, quando ele não tem dinheiro para pagar pelo mínimo de comida possível. Alyssa paga para ele, e acabam se tornando melhores amigos.

Algum tempo depois, os dois se dão conta de que se amam, mas as diferenças acabam impedindo que os dois realmente confessem o que sentem pelo outro.

“Dei de ombros.

Ela encolheu os ombros.

Eu ri.

Ela riu.

Eu separei meus lábios.

Ela separou os dela.

Me inclinei.

Ela se inclinou.

E então nós começamos tudo de novo.”

Após um tempo, os dois acabam se separando,e cinco anos depois voltam a se ver. Todos os sentimentos que estavam adormecidos e guardados nas profundezas de seus corações vêm à tona, e nem um nem outro podem mais controlar o que sentem.

“Quando ele sentia que ia chorar, as lágrimas sempre vinham dos meus olhos.

Quando seu coração queria quebrar, o meu se despedaçava.”

Logan e Alyssa tentam parar o que quer que esteja acontecendo entre os dois, por causa de seus irmãos, que passam por muitas dificuldades e precisam de apoio, mas seus corações são mais fortes e exigem mais e mais de cada um.

Cada livro de Brittainy me surpreende mais. A maneira que ela consegue tocar as pessoas, com as palavras e sentimentos simples, a maneira como descreve as reações humanas à várias situações usando elementos da natureza e dela mesma, só faz com que eu ame mais e mais suas histórias.

A narrativa e leve e envolvente, os personagens cativantes e apaixonantes, apesar de todos os seus problemas e questões pessoais. Livros fáceis de serem lidos, que te deixam ansioso por qualquer outra coisa que essa mulher escreva.

Logan é engraçado, fofo e apaixonante, com sua sinceridade e lealdade àqueles que ama. Não se importa de sair machucado de uma situação, para poder proteger outra pessoa, especialmente se essa pessoa tiver um lugar especial em seu coração, como Alyssa, e seu irmão Kellan.

Alyssa não é a típica protagonista que encontramos em outros livros (não estou falando dos outros livros da autora). Ela carrega problemas e questões muito mais complicados e profundos do que qualquer outra menina de sua idade.

A passagem de tempo que ocorre no livro nos permite ver a mudança e o progresso dos personagens, o quanto evoluíram com os anos e com as situações que a vida lhes impôs.

Os livros dessa série não tem qualquer conexão entre si, então você pode começar tanto do primeiro quanto do segundo, que não afetará sua leitura (no caso, estou falando de spoilers). Cada livro tem como base um elemento da natureza. Até agora, temos ar e fogo.

O terceiro livro, The Silent Waters, já está em processo de escrita!

Estrelinhas: 5 ❤

Links para aquisição:

Amazon

Editora Fundamento confirma lançamento de “A última estrela”de forma simultânea com EUA

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje vim trazer uma ótima notícia para os fãs da série a A 5ª Onda. A editora Fundamento confirmou a data de lançamento do último livro da trilogia: vai ser simultaneamente com o lançamento nos Estados Unidos.

12729221_977003135710754_553693469830493816_n

Atendendo a um pedido dos fãs brasileiros, para que o lançamento de A última estrela não demorasse muito, a editora conseguiu agendar para 24 de maio, mesmo dia que nos Estados Unidos, o fechamento da história que narra uma invasão alienígena à Terra. Ainda segundo a Fundamento, na segunda semana de maio o livro estará em pré-venda.

Nas redes sociais, alguns trechos da obra estão sendo divulgados, através de frases soltas e misteriosas, o que tem rendido uma série de comentários.

Sinopse oficial:

O inimigo são os Outros. O inimigo somos nós mesmos. Eles vieram até nós porque querem a Terra. Vieram para acabar conosco. Vieram para nos salvar. Eles não inventaram a morte, mas a aperfeiçoaram. Deram um rosto a ela, porque sabiam que era a única maneira de nos exterminar. Por quê? Quem são eles realmente? O que querem de verdade?
Atrás de tantas perguntas e enigmas, há uma verdade: Cassie foi traída. Zumbi, Especialista, Nugget também. E todos os 7,5 bilhões de habitantes da Terra. Traídos pelos Outros, traídos por si mesmos. E tudo terminará onde começou – no campo de batalha que é o coração humano.
Nos últimos dias da Terra, os sobreviventes precisarão decidir o que é mais importante: salvar a si mesmos… ou salvar o que nos torna humanos.
Do fenômeno mundial Rick Yancey, A Última Estrela invoca triunfo, perda e ações implacáveis nesta trama sensacional que narra como o destino da humanidade é decidido.

Então é isso gente, espero que fiquem animados com a notícia!

INSTAGRAM DO BLOG: @unicorniodepapel

Então eu vi: Beauty And The Beast

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje vim aqui para um Então eu vi, sobre Beauty And The Beast! 

Beauty-and-the-Beast

Beauty and The Beast é uma série produzida pela CW (mesma de The 100 e Arrow), lançada em outubro de 2012. Também foi transmitida pelo canal Universal Channel.

É uma espécie de releitura, da história de A Bela e A Fera, como o próprio nome já diz, porém num ambiente e numa época modernos e atuais.

A série é protagonizada por Catherine Chandler (Kristin Kreuk), uma detetive da cidade de Nova Iorque, especializada em homicídios. Nove anos antes do “atualmente”, Catherine vê sua mãe ser assassinada por um motivo misterioso. E ela é salva dos assassinos, também misteriosamente, por uma fera, porém ninguém acredita na sua versão da história.

Nove anos depois, enquanto Catherine investiga alguns casos, ela se depara com as digitais de Vincent Keller (Jay Ryan), um ex-soldado que havia supostamente morrido na guerra no Afeganistão. Catherine descobre que Vincent é a fera que a salvou na noite do assassinato de sua mãe, anos antes, e também descobre o porque de ele ter se tornado o que é.

Após a morte de seus irmãos no ataque ás Torres Gêmeas, Vincent decide entrar para o exército dos Estados Unidos, largando a medicina. Lá, ele é usado como cobaia num experimento das forças especiais, para criar uma nova frente de super soldados. Mas o experimento deu errado, e os que foram usados como cobaias se transformaram em feras e foram mortos. Vincent acredita ser que ele é o último dessa espécie.

A série já conta com três temporadas (já disponíveis no Netflix), com uma média de 42 a 45 minutos de duração por episódio. Cada temporada tem 22 episódios em média, e a quarta temporada vai ao ar entre os meses de junho e julho.

Impressões pessoais

(Contém alguns spoilers)

Não assisti a terceira temporada ainda, por falta de tempo e de vontade. A primeira temporada (até agora) é a melhor na minha opinião, porque o que se vê ali é sentimento puro e genuíno. Na segunda, Vincent reaparece como um serial killer de feras, sem sentimentos, extremamente frio e calculista, e sem memórias, o total oposto do Vincent da primeira temporada, que não queria machucar ninguém, a menos que fosse necessário. Por estar um pouco decepcionada com o rumo dos acontecimentos, decidi esperar um pouco mais para ver a terceira temporada, até porque logo logo teremos a quarta disponibilizada.

Atores

Temos Jay Ryan como Vincent, Kristin Kreuk como Catherine, Austin Basis como J.T Forbes amigo e “protetor” de Vincent e Nina Lisandrello como Tess Vargas, a melhor amiga de Catherine.

beauty-and-the-beast1.jpg

4d837e0675cde219361621c3d471e71d.jpg

Esse foi o post, eu espero que vocês tenham gostado, comentem, se inscrevam, curtam e etc.

INSTAGRAM DO BLOG: @unicorniodepapel