Resenha: Us

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha de Us, a sequência do livro Him, que já tem resenha aqui no blog, que é de Sarina Bowen, autora do livro The Year We Fell Down, que também tem resenha aqui no blog, e de Elle Kennedy, autora da série Amores Improváveis, publicada aqui no Brasil pela editora Paralela.

OBS:SE VOCÊ NÃO LEU HIM, NÃO LEIA ESSA RESENHA (A MENOS QUE VOCÊ QUERIA SPOILERS, OU QUERIA SABER DO QUE SE TRATA A SÉRIE, OU QUEIRA NOS AJUDAR NAS VISUALIZAÇÕES). Eu avisei.

Cover+US+Sarina+Bowen+Elle+Kennedy.jpg

 

 

Título:Us

Série:Him #2

Autoras:Sarina Bowen e Elle Kennedy

Editora:Rennie Road Books

Número de páginas:328

 

Em Us, Wes e Jamie moram no Canadá. Wes está em sua primeira temporada na NHL (National Hockey League) e está se saindo muito bem. Jamie está trabalhando como treinador de um time de Juniores e os dois estão aparentemente bem, mesmo tendo que esconder seu relacionamento de todos, por conta da carreira de Wes.

” A vida com Wes nunca é monótona. Mesmo quando estivermos velhos e cinzas, com bundas caídas,
ele ainda vai ser engraçado e ele ainda vai ser meu.”

Até que um dos colegas de time de Wes se muda para um apartamento no mesmo condomínio onde o casal mora, e manter o relacionamento em segredo acaba se tornando mais difícil do que o normal.

” Ele foi isolado por minha causa, por causa da minha necessidade de esconder nosso relacionamento, por causa da minha carreira.”

Além do estresse por causa de seu relacionamento oculto, os dois ainda acabam enfrentando maiores desafios, como a distância, quando Wes viaja para jogos, Jamie acaba ficando doente e se afastando do amor de sua vida, tornando tudo mais complicado ainda, especialmente quando o relacionamento dos dois vem à tona para a mídia.

“A coisa sobre Wes, ele está acostumado à decepção.
Inferno, eu acho que a decepção não é algo que ele teme, mas espera – como ele está sempre vivendo em um estado determinado de querer deixar os outros cair.”

Os dois livros dessa série (duologia?) são incríveis. Além de ser um romance incrível, trata de muitos temas importantes, como orientação sexual, escolha de emprego depois da faculdade (mesmo que eles sejam bonitos demais e jogadores de hockey e tenham certo privilégio), e querendo ou não, trata de uma coisa que nunca deixa de ser um tabu na sociedade, que é o homossexualismo.

“… Você vive sua vida da maneira que você quer viver, e você continua fazendo o que está fazendo. E saiba que você sempre tem as pessoas no seu canto, as pessoas que dão a mínima para você.

Apesar de entender tudo pelo que o Jamie passa nesse segundo livro (sem spoilers hehe), e de gostar muito muuuuuuuuito mesmo dele, reconheço que ele foi um pouquinho pé no saco (me perdoem pela expressão) por algumas questões meio insignificantes, às vezes (meu filho, se eu tivesse um Ryan Wesley em casa, eu não reclamava nem do vento), mas algumas das questões que ele carrega no livro realmente têm fundamento, e é compreensível o porquê de ele ter pensamentos e inseguranças no seu relacionamento.

“E mesmo se eu tivesse ganhado cada centavo cavando valas, não há nada que eu tenho que eu não quero dar-lhe.
Nenhuma maldita coisa.”

Wes não poderia ter sido uma pessoa melhor nesse livro. Já no primeiro ele tinha me encantado, e eu realmente não tenho palavras para descrever o porque, e no segundo ele me conquistou totalmente. Apesar de sabermos que os dois se amam e tudo mais, no primeiro livro, não era exatamente um relacionamento de verdade. Já no segundo, você consegue realmente ver como os dois se comportam em um relacionamento, mesmo com todas as dificuldades que eles tem.

Wes é muito amorzinho para mim, porque já li muitos livros de homens apaixonados (obviamente), mas essa duologia (série?) foi a minha primeira com um casal gay, então foi uma experiência bem diferente. É muito legal ver a maneira como eles veem um ao outro, e a maneira que Wes cuida do Jamie, como tenta conciliar o relacionamento com a vida profissional e tudo mais, nos fazem amá-lo demais <3.

Uma série (eu acho que é série) spin-off de Him e Us está sendo lançada. Se chama WAGS (para quem não sabe, significa Wifes and Girlfriends of Sports- Esposas e namoradas do esporte), e o primeiro livro, Good Boy, conta a história da irmã de Jamie, Jess Canning e mais uma pessoinha que eu não posso dizer porque seria spoiler de Us.

15110387_1232924846774684_976166312630033216_o-270x405

Estrelinhas: 5+ ❤ ❤ ❤

Link para aquisição:

Amazon EUA

INSTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s