Resenha: Eleanor & Park

E aí meus unicórnios, como vão vocês? Hoje trago resenha do livro mais fofo, mais amorzinho do mundo! Espero que gostem!

download-2

Título:Eleanor & Park

Autora: Rainbow Rowell

Editora: Novo Século

Número de páginas:328

O livro conta a história de Eleanor, uma garota ruiva, grande, como ela se vê, que veste roupas estranhas, filha mais velha de uma família extremamente problemática.

“Os cabelos de Eleanor pareciam arder em chamas ao nascer do sol.”

Park, um garoto mestiço, descendente de coreanos, que gosta de quadrinhos e música, não é popular, mas não é incomodado pelos garotos da turma.

“Era como uma obra de arte, e arte não deve ter boa aparência, mas sim fazer a gente sentir alguma coisa.”

Os dois vizinhos se encontram diariamente no ônibus, mas não se falam. De início, Eleanor só lê os gibis com o canto dos olhos, e quando Park percebe, começa a ler os gibis mais devagar, até que um dia começam a conversar enquanto dividem uma revista em quadrinhos de X-Men e Watchmen.

 “Concordavam sobre tudo que era importante e discutiam sobre o restante. E isso era bom também.”

Park deixa pilhas de gibis no banco ao seu lado, que Eleanor pega emprestado, lê durante a noite, e devolve no dia seguinte, e tudo isso continua até que um dia Park puxa assunto, e os dois se veem com mais uma coisa em comum: a música. Os dois vão de completos estranhos a melhores amigos, de amigos a apaixonados.

“Quando Park entrou no ônibus, deixou os gibis e a fita dos Smiths ao seu lado, para que ficassem ali, esperando por ela.”

Um é o primeiro amor do outro, deixando tudo mais intenso, junto com o fato da família de Eleanor ser conturbada, com um padrasto violento e três irmãos vivendo em situações precárias. Ela acaba se refugiando na casa de Park.

“Você salvou minha vida, ela tentou dizer. Não para sempre, não definitivamente. Provavelmente, só por certo tempo. Mas salvou minha vida, e agora eu sou sua. O que sou agora é seu. Para sempre.”

A história é algo que rouba seu coração desde a primeira página. A beleza do primeiro amor, da amizade, da proteção, formaram uma obra incrível, um romance inesquecível.

“Tinha certeza de que lhe agradeceria por salvar-lhe a vida. Não somente no dia anterior, mas, tipo, praticamente todos os dias desde que se conheceram.”

A amizade dos dois, que ocorreu em primeiro lugar, criaram um clima mágico e acolhedor, que nos faz querer mergulhar na história completamente. Park com seu carinho, inexperiência, e uma paixão arrebatadora, Eleanor com sua força e personalidade, formam a dupla perfeita.

“Não gosto de você, Park. Eu acho que vivo por você.”

O livro trata de assuntos polêmicos de uma forma delicada e sutil, quase imperceptível, o que não o deixa tão denso, fazendo com que a leitura seja fluida e prazerosa.
As artes baseadas no livro também fazem com que nossa leitura seja preenchida de uma forma diferente.

Estrelinhas: 5 +<3

Links para aquisição:

Amazon

Saraiva

Livraria Cultura

Submarino

INSTAGRAM DO BLOG:@unicorniodepapel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s